Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Atlético deve pagar direito de imagem de jogadores, decide TRT - Jornal Brasil em Folhas
Atlético deve pagar direito de imagem de jogadores, decide TRT


O pagamento ao Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Goiás (Sinapego), relativo ao direito de imagem de jogadores que passaram pelo Atlético Clube Goianiense, deve ser restabelecido. A decisão é do desembargador Mário Sérgio Bottazzo, do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT18). De acordo com a advogada do Sinapego, Arlete Mesquita, em janeiro de 2017, decisão suspendeu por cautela o levantamento dos valores depositados.

A advogada explica que há uma reclamação trabalhista do Sinapego em favor de 70 atletas , substituídos, que jogaram no Atlético e não receberam seus direitos conforme contrato com o clube. O Sinapego então realizou acordo parcial com o time para receber e repassar a 59 atletas que integraram o acordo parcial benefícios referentes apenas aos seus direitos de imagem. “Após o pagamento de algumas parcelas, o atleta Márcio Lopes, peticionou reclamação solicitando o bloqueio dos valores depositados para garantir que todos os atletas recebessem as suas verbas rescisórias”, informa.

Arlete afirma que, no entanto, o acordo firmado entre a entidade e o clube não contempla negociações de salários e contribuições previdenciárias, devendo o clube comprovar a quitação dos valores já pagos. Segundo a advogada, Márcio, atual goleiro do Goiás Esporte Clube, não foi alcançado pelo acordo e, portanto, pode exigir individualmente o prosseguimento da execução em seu favor, se não recebeu o que a ele é devido. “Entretanto, isso não dá a ele o direito de pedir a suspensão das importâncias depositadas e que estão sendo devidamente repassadas aos atletas”, avalia.

Considerando a relevância destes fundamentos, o desembargador Mário Sérgio Bottazzo concedeu liminar para liberar a parcela do mês de janeiro de 2017, assim como as demais, conforme cronograma de pagamento. Ainda de acordo com a decisão, o Atlético Clube Goianiense tem o prazo de 10 dias para apresentar resposta ao que foi determinado. (Geovana Nascimento)

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212