Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trabalhadores chegam cedo para sacar FGTS nas agências da Caixa em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Trabalhadores chegam cedo para sacar FGTS nas agências da Caixa em São Paulo


A Caixa Econômica Federal espera mais um dia movimentado para saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mais de 1.800 agências em todo o país abriram especialmente hoje (11) a fim de atender os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro que têm direito a resgatar os valores.

Na cidade de São Paulo, a movimentação de trabalhadores nas agências, nesta manhã, antecipava que o dia seria de muito trabalho. “Pelo número de pessoas que você vê na agência logo de manhã cedo, não vai ser um dia tranquilo”, disse o vice-presidente de Finanças da Caixa, Arno Meyer que esteve presente na abertura da agência da instituição na Avenida Paulista, região central da capital.

Para Meyer, o atendimento tem funcionando bem, apesar da ocorrência de problemas pontuais. “As pessoas que foram aos caixas eletrônicos perceberam que em algum momento o sistema não funcionava, mas tentavam novamente e ele voltava a funcionar. Foi em um período na parte da manhã de ontem que isso aconteceu. A nossa tecnologia tem atuado para que isso não ocorra novamente”, disse sobre as instabilidades relatadas ontem (10), primeiro dia de liberação dos saques das contas inativas.

“A Caixa se preparou para esse evento de grandes dimensões. São 30 milhões de trabalhadores que nesse período virão à Caixa para sacar as suas contas inativas”, acrescentou o vice-presidente de Finanças da Caixa.

O trabalhador Hélio Roberto chegou cedo à agência, disse que estava no local desde as 5h. “Para evitar algum transtorno, de muitas pessoas estarem na minha frente. Como eu tenho horário, vou trabalhar saindo daqui, [por isso} tive que chegar cedo”, afirmou para justificar tanta antecipação. Em poucos minutos, Hélio saiu satisfeito da agência. “O atendimento foi muito tranquilo e rápido”, elogiou o auxiliar de escritório, de 27 anos.

O segundo da fila, Beethoven Souza, chegou mais de duas horas depois, estava na porta da agência às 7h30, uma hora em meia antes da abertura. Ele veio neste sábado depois de desistir ontem, ao se deparar com o grande número de pessoas. “Cheguei 15h e a fila dobrava. E a moça disse: é melhor você vir amanhã”.

Com o dinheiro referente ao FGTS de oito anos de emprego, Souza pretende fazer melhorias no carro. “Eu tenho um fusca 1983 e agora vou realizar um sonho. O fusca dos meus amigos tem turbo e são aspirados, eu quero realizar esse sonho também: colocar no meu fusca”, disse.

As agências da Caixa ficarão abertas até as 15h. Nas próximas segunda-feira (13) e terça-feira (14), elas abrirão duas horas mais cedo, às 8h. Arno Meyer lembrou, no entanto, que não é preciso ter pressa. “É importante frisar que para as pessoas que nasceram em janeiro e fevereiro, os saques podem ser feitos até o fim de julho. As pessoas não precisam vir todas no início desse período”.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212