Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Marconi prioriza construção de parque tecnológico em Catalão - Jornal Brasil em Folhas
Marconi prioriza construção de parque tecnológico em Catalão


Por determinação do governador Marconi Perillo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED) iniciou a fase final de construção do Parque Tecnológico GoiásTec no município de Catalão, no Sudeste de Goiás. O objetivo é que o centro atue como catalisador de empresas para a região.

Com área total de 400 mil metros quadrados, o centro é dividido em setores destinados à instalação de empresas e indústrias (250 mil metros quadrados); atividades de apoio e serviços – bancos, lanchonetes – (10 mil metros quadrados); área institucional – laboratório de pesquisa, auditório – (30 mil metros quadrados); ruas e avenidas (20 mil metros quadrados); e área de preservação ambiental (90 mil metros quadrados).

Segundo o superintendente de Executivo de Ciência e Tecnologia da SED, Mauro Faiad, além de incentivos fiscais, os empreendedores terão acesso a suportes técnicos, cursos de qualificação profissional e laboratórios de pesquisas. A expectativa é de que o empreendimento seja fator de atração de empresas de alto valor agregado. “O GoiasTec deverá contribuir para o crescimento regional, por meio da geração de novos empregos e também para o desenvolvimento tecnológico”, ressalta Faiad.

Para o secretário de Desenvolvimento, Luiz Maronezi, a geração de emprego e renda, e o desenvolvimento tecnológico são as metas da SED, com a implantação do GoiásTec. “Vamos estimular o desenvolvimento socioeconômico por meio da implantação de mais empreendimentos que visem a adoção de novas técnicas, para a melhoria e ampliação do parque industrial de Goiás. A expectativa é que sejam atraídas dezenas de empresas de pequeno, médio e grande portes”, frisa.

O GoiásTec tem como foco a atração de empresas com forte base tecnológica dos setores metalmecânico, mineração, alimentos, logística e confecções. No local, já está em construção uma unidade do Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (Itego), que oferecerá serviços tecnológicos e cursos de formação voltados para as vocações e demandas das empresas que se instalarão no Parque.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212