Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Marconi: “Teremos sempre a compreensão de que as prefeituras não podem perder receitas” - Jornal Brasil em Folhas
Marconi: “Teremos sempre a compreensão de que as prefeituras não podem perder receitas”


Marconi Perillo - Iris Rezende - Gustavo Mendanha - Roberto do Orion - Foto Henrique Luiz GovGO 01O governador Marconi Perillo recebeu, em audiência na tarde desta terça-feira, dia 04, os prefeitos das três maiores cidades goianas – Iris Rezende (PMDB/Goiânia), Gustavo Mendanha (PMDB/Aparecida de Goiânia) e Roberto do Órion (PTB/Anápolis) – para tratar de dois projetos de lei: o que cria o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Goiânia (Codemetro) e o que implanta o ICMS Gestão.

De acordo com Marconi, a reunião com os prefeitos foi proveitosa e importante para ouvir as demandas apresentadas pelos municípios a respeito dos temas abordados. “Foi uma conversa extremamente republicana, pacífica, um diálogo onde nós procuramos nos entender e vamos continuar discutindo esses projetos que são importantes, mas é claro sempre com a compreensão de que as prefeituras não podem perder receitas”, garantiu o governador.

O governador ressaltou que os projetos estão sendo bastante debatidos antes de serem finalizados para envio à Assembleia Legislativa de Goiás e que as sugestões dos prefeitos são recebidas com muita boa vontade. “Tratamos de assuntos importantes para os três municípios, como o Codemetro e o ICMS Gestão, que está sendo concluído para ser enviado à Assembleia Legislativa. Também aproveitamos para conversar sobre outros assuntos, principalmente temas que estão dentro do programa Goiás na Frente”, explicou Marconi.

De acordo com ele, um dos principais itens do Programa Goiás na Frente, o ICMS Gestão, visa garantir maior participação no bolo tributário para os municípios que se comprometerem a atacar os índices que emperram a competitividade do Estado. Atualmente, os estados têm autonomia para repartir até 25% do ICMS arrecadado. “O ICMS Gestão está dentro do Goiás Mais Competitivo e tem como objetivo melhorar os indicadores, principalmente de Educação Infantil, e também a questão ambiental, Segurança Pública, Saneamento Básico, entre outros”, salientou o governador.

Prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB) destacou a postura republicana do governador e comemorou o resultado da audiência. “Mais uma vez fui muito bem recebido pelo governador Marconi. Juntamente com os prefeitos Iris e Roberto, estamos dialogando sobre o Codemetro e o Coíndice. Em uma conversa muito amistosa, o governador foi muito solícito aos nossos pedidos. Acredito que vamos ter nosso pleito atendido. Tanto Aparecida, quando Goiânia e Anápolis não serão prejudicadas dentro desse processo”.

Mendanha informou que o governador se comprometeu a trabalhar para que os projetos não sejam votados sem que se aprofunde o debate dos temas: “Ficou acertado que os projetos não serão votados a toque de caixa, mas bastante discutidos. Os nossos técnicos já estão debatendo esses dois projetos, que entendemos, num momento inicial, que poderiam prejudicar nossas cidades, mas o governador nos deixou muito tranquilos de que eles não serão votados a toque de caixa. Então, nós vamos poder discutir, debater e, se for o caso, até propor para que Aparecida de Goiânia e Goiânia não venham a ser prejudicadas”, disse.

 

Últimas Notícias

Após três quedas seguidas, dólar sobe e fecha o dia em R$ 3,72
Renan Filho: acordo para vender a Ceal depende de União quitar débitos
Riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões
Eletrobras deve liquidar Amazonas Energia, caso leilão fracasse
Dólar abre em queda de 0,52%, cotado a R$ 3,7028
Empresários da indústria estão mais confiantes, diz CNI
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
Cesp é vendida sem concorrência com ágio de 2,09%

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212