Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump silencia sobre política de prevenção e controle de armas, após tiroteio - Jornal Brasil em Folhas
Trump silencia sobre política de prevenção e controle de armas, após tiroteio


Após o tiroteio ocorrido ontem (10), em San Bernardino, na California, que deixou três mortos e um ferido, o presidente Donald Trump e a Casa Branca não comentaram o incidente nas redes sociais ou em comunicados oficiais. O “silêncio” de Trump repercutiu na imprensa norte-americana, que fez comparações entre sua postura perante o ocorrido e a do ex-presidente Barack Obama, um ferrenho defensor de mudanças na legislação para permitir maior controle de armas no país.

Segundo a organização não governamental (ONG) Gun Violence Archive (Arquivo de Violência Armada), que documenta e contabiliza incidentes com armas registrados em mais de 2 mil veículos de comunicação do país, só neste ano já foram registrados, nos Estados Unidos, 16.233 incidentes com armas de fogo e 4.072 mortes.

No ano passado, em 12 meses, houve 58.439 incidentes e 15.079 mortes, além de 30.626 feridos.

No tiroteio de ontem, na escola primária North Park Elementary School, morreram um aluno de 8 anos, a professora Karen Smith, de 53 anos, e o seu ex-marido, Cedric Anderson, de 53 anos, que cometeu suicídio após abrir fogo contra a ex-mulher e os alunos. Outro estudante está gravemente ferido.

Segundo a polícia, Anderson já tinha um histórico de registro de violência doméstica e teve um casamento breve com a professora.

A escola fica a 100 quilômetros de Los Angeles e a cerca de 13 quilômetros do local onde aconteceu um atentado em dezembro de 2015, quando um casal muçulmano abriu fogo em um evento, matando 14 pessoas e ferindo 20.

Além do silêncio sobre o incidente de ontem, o governo não sinalizou com nenhuma mudança na legislação. Donald Trump é alinhado a conservadores e republicanos, cuja maioria é contra um maior controle no comércio de armas, como defendiam Barack Obama e parte dos democratas.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212