Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Imperatriz ganha público e crítica ao retratar cultura de Goiás na Sapucaí - Jornal Brasil em Folhas
Imperatriz ganha público e crítica ao retratar cultura de Goiás na Sapucaí


A Imperatriz Leopoldinense arrebatou público e crítica ao retratar, no Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, as tradições culturais e religiosas de Goiás nas alas, carros e alegorias criados para homenagear a carreira da dupla sertaneja goiana Zezé di Camargo e Luciano, tema do samba-enredo da agremiação do Carnaval 2016. A escola de Ramos levou para a Marquês de Sapucaí, na madrugada de segunda para esta terça-feira (9/2), as cavalhadas, a Festa do Divino Pai Eterno, a vida do homem no campo e as festas de peão, decisivas para a construção da identidade de Goiás e do interior do Brasil.

Com o tema É o amor... Que mexe com minha cabeça e me deixa assim... Do sonho de um caipira nascem os filhos do Brasil, a Imperatriz Leopoldinense ganhou a atenção dos espectadores ao integrar a sanfona à execução do samba-enredo. A escola encerrou o desfile sob os gritos de "A campeã voltou!" – a última vez que a agremiação conquistou o título de melhor escola do Carnaval Carioca foi em 2001.

Além dos versos da composição que projetou Zezé di Camargo e Luciano no Brasil, a Imperatriz também usou trechos de Romaria, de Renato Teixeira, para exaltar o brasileiro caipira. O governador Marconi Perillo e a primeira-dama, Valéria Perillo, assistiram ao desfile da Imperatriz para prestigiar a homenagem que a escola prestou à dupla sertaneja e às tradições de Goiás no Sambódromo.

O Governo de Goiás não patrocinou com recursos públicos, nem direta nem indiretamente ou com incentivos, a apresentação da agremiação. A administração estadual prestou apenas apoio institucional ao desfile, por compreender que a homenagem é um reconhecimento da importância cultural do Estado no cenário nacional e por sua importância na promoção da economia do turismo no Estado.

O apoio institucional ao desfile integra a política estadual de incentivo e promoção da cultura goiana. Segundo dados disponíveis no Portal da Transparência do Estado, em 2015 o Governo de Goiás investiu R$ 57,4 milhões no setor. O montante engloba repasse de recursos para formação artística, atividades de fomento, lei de incentivo, fundo cultural, além de projetos de valorização e promoção da cultura goiana.

Os investimentos em cultura foram executados por meio de três pastas: Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), Secretaria de Desenvolvimento (SED) e Goiás Turismo. Somente a Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte (Seduce), que concentra as ações de promoção e incentivo à cultura aplicou R$ 40 milhões no setor no ano passado – um recorde, apesar da crise econômica nacional e do forte ajuste fiscal promovido pelo governo estadual para amenizar o impacto da queda na arrecadação sobre as contas públicas.

Segundo o balanço da Seduce, em 2015 os programas e ações na área da cultura receberam investimentos da ordem de R$ 40 milhões. O destaque dos investimentos é dos projetos goianos aprovados pelo Fundo de Arte e Cultura: 205 projetos receberam incentivos da ordem de R$ 25 milhões, também um recorde na comparação com os anos anteriores. Os investimentos são resultado do compromisso do governo Marconi Perillo de aprofundar a valorização da produção cultural genuinamente goiana.

A carreira da dupla, a música sertaneja, o brasileiro caipira e as tradições culturais goianas foram retratados pela Imperatriz sob os temas Sonho Caipira (1.º setor), Terra – Semeando Sonhos (2.º setor), Música – Mãe Sertaneja (3.º) Fé e Folclore – Pirenópolis (4.º), Filhos de Francisco e Helena (5.º) e Os Filhos do Brasil (6.º setor), cada um com versos do samba-enredo executados com acordes de sanfona.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212