Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo de Goiás entrega Cheque Comunitário para Vila São Cottolengo - Jornal Brasil em Folhas
Governo de Goiás entrega Cheque Comunitário para Vila São Cottolengo


O Governo de Goiás entrega nesta quarta-feira (12/04) Cheque Mais Moradia modalidade Comunitário que vai beneficiar a Vila São Cottolengo, unidade de saúde em Trindade que atende pessoas com deficiências físicas e mentais. O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, representa a presidente da Organização dos Voluntários de Goiás (OVG), Valéria Perillo, na entrega da primeira parcela dos cheques Mais Moradia, no valor de R$ 80 mil, ao diretor administrativo da Vila São Cottolengo, padre Everson de Faria Melo, às 16 horas. Deste montante, R$ 30 mil serão destinados à ampliação da recepção da fisioterapia e R$ 50 mil para construção de mais duas unidades de internação, a São Geraldo e a São Clemente.
O convênio total da Agehab com a entidade prevê a liberação de R$ 440 mil em recursos estaduais provenientes diretamente do programa Cheque Mais Moradia na modalidade Comunitário no centro de saúde. O investimento do Estado de Goiás foi autorizado pelo governador Marconi Perillo durante inauguração da lavanderia da Vila São Cottolengo, em julho do ano passado, construída com recursos de emenda parlamentar de sua autoria, quando era senador.
Segundo Stival, o objetivo é dar ênfase na ampliação da estrutura de atendimento. “Recebemos a solicitação de auxílio e prontamente a Agehab se dispôs a prestar o atendimento dentro do programa Cheque Mais Moradia, conforme determinação do governador”, afirma o presidente da Agehab. Ele destaca ainda a importância da Vila São Cottolengo para a região de Trindade, que conta com credibilidade ímpar no atendimento a portadores de necessidade especiais.
Outra obra prevista é a reforma do Centro de Material Esterilizado (CME), espaço destinado à limpeza de utensílios clínicos e cirúrgicos. Além da ampliação da recepção da fisioterapia, a piscina utilizada para hidroterapia será reformada. De acordo com o padre Everson de Faria Melo, a maior urgência é para construção de duas unidades de acolhimento para deficientes mentais. Ele explica que é necessária uma estrutura diferenciada para atender esse público, como a ausência de vidros, por exemplo. A construção deve ser feita com um acrílico especial, para que os pacientes não se machuquem.
O diretor administrativo também lembra que é preciso ter o cuidado de não colocar grades, porque a unidade de acolhimento não é uma prisão. “O Cheque Comunitário vai melhorar as condições de atendimento aos pacientes e ajudar no cumprimento da nossa missão”, afirmou. Cerca de 70 internos necessitam atualmente de melhor estrutura. Ainda segundo o padre, há uma lista de espera para atendimento psicológico.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212