Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


27 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Recém-construída ETE de Águas Lindas recebe vistoria - Jornal Brasil em Folhas
Recém-construída ETE de Águas Lindas recebe vistoria


Marconi Perillo ETE Águas Lindas Mantovani Fernandes (6)O governador Marconi Perillo vistoriou, nesta quinta-feira, dia 13, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), recém-construída de Águas Lindas. A unidade faz parte de um conjunto de obras de saneamento, que inclui a rede de coleta de esgoto, com total de R$ 270 milhões de investimentos. Após a inauguração, que depende apenas de encaixe na agenda do presidente Michel Temer, 80% dos imóveis de Águas Lindas contarão com sistema de coleta e tratamento dos resíduos líquidos da cidade.

O custo foi compartilhado entre os governos de Goiás, do Distrito Federal e da União. A gestão da ETE será realizada por meio de um consórcio formado pela Saneago e a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb). Marconi destacou o diferencial tecnológico na ETE de Águas Lindas, com um sistema de desinfecção da água com raios ultravioletas, que eliminam 99,99% das impurezas biológicas e garantem um estado de rara qualidade dos resíduos, o mais avançado entre as estações de tratamento brasileiras.

“Essa ETE é uma das melhores estações do Brasil. É fruto de parceria, de planejamento, de sensibilidade em relação à questão ambiental e em relação à vida das pessoas. Esgoto significa menos pessoas procurando hospitais, significa saúde”, afirmou Marconi. “O maior beneficiário de um projeto dessa natureza é o povo. O esgoto e o saneamento básico reduzem as doenças infectocontagiosas. O outro beneficiário é o meio ambiente, e naturalmente a população também”, afirmou o governador.

O prefeito da cidade, Hildo do Candango, o presidente da Saneago, Jalles Fontoura; o diretor de Engenharia da Caesb, Marcos Mello; e o secretário da Secima, Vilmar Rocha, acompanharam o governador na visita. Hildo agradeceu o governador em trabalhar por uma obra que ele considera a mais importante da história de Águas Lindas, que possui apenas 20 anos de emancipação política. “Marconi é um governador municipalista, que tem feito muito pelo nosso estado. Prova disso é essa grande obra que vai trazer saúde para nossa população”, declarou o prefeito.

Vilmar Rocha afirmou que obras como a ETE em Águas Lindas são resultado de um programa de governo, que é lastreado por inovação tecnológica: “Por meio do Programa Goiás Competitivo e Inovador estamos fazendo obras de saneamento por todo Estado. O intuito é colocar Goiás entre os estados melhores do Brasil na área de saneamento básico”.

Sonho

Marconi Perillo ETE Águas Lindas Mantovani Fernandes (4)Marconi relembrou a luta que travou, há 20 anos, desde que Águas Lindas deixou de ser um distrito de Santo Antônio do Descoberto, para que a cidade tivesse oferta de água tratada. “Quando comecei o primeiro governo, em 1999, e a gente falava que esgoto em Águas Lindas era uma ‘miragem’. Porque havia um problema de água tão grave, com poceiros que vendiam água. E o primeiro enfrentamento que fizemos aqui foi resolver o problema da água, junto com a Caesb”, contou.

Depois da questão do abastecimento de água resolvido, continuou Marconi, iniciou o sonho de acabar com as fossas sanitárias na cidade e instalar uma rede de coleta de tratamento de esgotos. “Sonho que parecia muito distante, que era o esgoto. E juntamos todos e conseguimos transformar esse sonho em uma belíssima realidade”, comemorou. A inauguração, segundo o governador, vai depender da agenda do presidente da República, “já que eu, o governador Rodrigo Rollemberg, a Caesb, a prefeitura, estamos prontos”, completou.

 

Últimas Notícias

Temer deixa prédio da Polícia Federal no Rio
Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212