Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Veja o que aprender com o último investimento de Warren Buffett - Jornal Brasil em Folhas
Veja o que aprender com o último investimento de Warren Buffett


SÃO PAULO – Warren Buffett é o maior investidor do mundo na atualidade, servindo como fonte de inspiração para investidores em todo mundo. Uma de suas estratégias mais conhecidas é a de comprar papéis a um preço mais baixo e vender quando estão valorizados. O colunista do site Marketwatch Mitch Tuchman mostra um exemplo prático de como o Oráculo de Omaha aplica sua filosofia.

Recentemente, ele investiu cerca de US$ 1 bilhão no setor de petróleo, que não está em seu melhor momento, atualmente. O colunista explica que Buffett sempre escolhe papéis de valor, que estão a um patamar muito barato e que aplicou em uma refinaria, que pode se beneficiar mesmo que o preço do petróleo siga em queda.

Tuchman explica que, se a maior parte dos investidores teme alguma ação e sai dela, existe quem vai encontrar valor para comprá-las. Isso significa que devemos comprar a ação que Buffett comprou, da refinaria Phillips 66? Não.

O que o colunista aponta é que existe uma estratégia em comprar ações que tiveram seu preço em queda, mas não seu valor. “Compre o que é feio” é um grande mantra, mas requer atenção e tempo, aponta o colunista. O investidor deve saber precificar as empresas e comprar em momentos de extremo valor.

No entanto, essa estratégia deve combinar diversificação, na opinião de Tuchman. O investidor deve diversificar em vários mercados, títulos e, inclusive, em papéis no exterior, na visão do colunista. Além disso, rebalancear os investimentos periodicamente pode capturar ganhos automaticamente.

Você deveria pensar como Buffett? A menos que você tenha todo conhecimento dele, não, não deveria. Você deveria comprar mercados em momentos de baixa e rebalancear com disciplina? Absolutamente, acredita Tuchman.

O colunista relata que o próprio Oráculo de Omaha já disse que fundos de índice baratos são a solução para quase todos investidores. “Compre barato, venda caro. Realmente não fica mais simples que isso. Um portfólio balanceado e de baixo custo consegue trazer isso e mais”, encerra.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212