Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo de Goiás melhora receita pública e economiza R$ 83 milhões entre 2015 e 2016 - Jornal Brasil em Folhas
Governo de Goiás melhora receita pública e economiza R$ 83 milhões entre 2015 e 2016


O governador Marconi Perillo comandou nesta quarta-feira, dia 26, reunião de trabalho com representantes da Falconi Consultoria, que mostrou a superação em muito da proposta de economia feita pelo Governo de Goiás em 2015/16. A empresa foi contratada para melhorar a receita pública e a qualidade dos gastos do Executivo Estadual. A reunião foi realizada no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. O governador disse que a meta era atingir R$ 27 milhões e o governo conseguiu economizar R$ 83 milhões com esse trabalho.

Participaram secretários de governo, presidentes de agências e autarquias, reitoria da UEG, comandantes das polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros, e chefes da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Defensoria Pública.

Os serviços de consultoria da Falconi, contratada pelo Governo do Estado de outubro/2015 a setembro/2016, resultaram em economia de R$ 83 milhões para os cofres públicos no período. A empresa foi recontratada este ano. “Nós superamos a meta de economia que era de R$ 27 milhões. Nós queremos deixar um legado de boas práticas de governança, com metas estabelecidas quando deixarmos o Governo do Estado, em 2018. Esse é um ato de honestidade para o futuro do nosso Estado e do nosso governo. Eu conto com o engajamento de todos os secretários”, afirmou Marconi.

A meta de economia dos gastos públicos para 2017 e 2018 é de R$ 209 milhões, “mas, se avaliarmos o que aconteceu, poderemos chegar a uma oportunidade muito maior de controle de gastos, ou seja, controle de desperdício”, sentenciou Marconi, que pediu o “engajamento” de todas as secretarias, “da melhor maneira possível, com papéis e responsabilidade definidos”.

O Governo do Estado e a Falconi Consultoria vão promover seminários e workshops, a partir de maio, para envolver os secretários e os chefes de agências e autarquias, além dos técnicos do governo, no plano de ampliação de receita e economia dos gastos públicos. “A principal pauta é o chamamento de todos os secretários a nos ajudarem quanto ao aprimoramento dos gastos, visando a redução de despesas. Esse projeto só terá sucesso se tivermos o envolvimento de todos os secretários e técnicos”, lembrou um dos sócios da Falconi Consultoria, Mauro Eustáquio Soares.

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212