Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Atuação dos PMs que agrediram o estudante Mateus Ferreira será investigada - Jornal Brasil em Folhas
Atuação dos PMs que agrediram o estudante Mateus Ferreira será investigada


A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) condena veementemente as agressões sofridas pelo estudante Mateus Ferreira da Silva, de 32 anos, do curso de ciências sociais, da Universidade Federal de Goiás (UFG), ocorridas durante as manifestações desta sexta-feira, dia 28, no centro da Capital. Tais agressões não condizem com as tradições e o legado histórico da Polícia Militar de Goiás, que tem uma trajetória de grandes serviços prestados à sociedade e ao estado.

A SSPAP não compactua com esses atos que ferem a ética da corporação e das demais forças que compõem a Segurança Pública, cuja missão é proteger vidas e jamais atentar contra qualquer cidadão. As livres manifestações, desde que pacíficas e ordeiras, são um direito constitucional e legítimo de todos os brasileiros e devem ser respeitadas e preservadas por todos.

Mesmo quando houver eventual expressão de condutas delituosas, sempre minoritárias, essas devem ser reprimidas com rigor e cuidado técnico pela polícia, até em defesa do conjunto de manifestantes, mas sem jamais utilizar-se de recursos anti-éticos e perversos, causadores de graves e desnecessárias lesões. A exigência de imobilização de eventuais manifestantes, nunca justificará a transgressão de limites, o abuso e a truculência. A única resposta aceitável é a boa e rigorosa técnica.

Diante disso, o comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, coronel Divino Alves, determinou o imediato procedimento para investigar a atuação dos policiais militares que ocasionaram as agressões ao estudante Mateus Ferreira da Silva.

A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, uma vez comprovada a autoria, será rigorosa na punição administrativa e no encaminhamento para a esfera judiciária, até para demonstrar cabalmente a sua contraposição aos desvios e o seu apoio à imensa maioria dos policiais que atua com correção moral e autocontrole.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212