Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Jogos brasileiros chegam aos consoles - Jornal Brasil em Folhas
Jogos brasileiros chegam aos consoles


São Paulo, 14 (AE) - Uma nova geração de jogos brasileiros está chegando aos principais videogames do mercado, o Xbox One (Microsoft) e o PlayStation 4 (Sony). A nova safra de games desenvolvidos em território nacional inclui títulos como Chroma Squad, no qual um grupo de dublês se rebela contra seu estúdio e produz um seriado de robôs gigantes japoneses, e Horizon Chase, um jogo de corrida que traz carros velozes correndo pelas ruas de cidades brasileiras como Salvador, Brasília e Niterói.

Por décadas considerada um sonho pelos desenvolvedores de jogos nacionais, a presença nos consoles agora é cada vez mais uma realidade.

Os consoles sempre foram o maior símbolo da indústria de games. Apesar da presença forte dos jogos móveis, é nos consoles que ainda estão os maiores investimentos e faturamentos da indústria de games, explica o diretor de negócios da Aquiris Game Studio, Sandro Manfredini, responsável pelo Horizon Chase.

Lançado em agosto para os celulares da Apple, o jogo de corrida propõe uma volta ao mundo no estilo do clássico Top Gear e deve chegar no primeiro trimestre de 2016 ao PlayStation 4. Jogar um game no console é como assistir a um filme no cinema, resume o diretor da Webcore Games, Philip Mangione. Criado há mais de 15 anos, o estúdio paulistano está produzindo My Night Job, game inspirado nos filmes de terror dos anos 1980, e que sairá para o PS4 no primeiro semestre do ano que vem.

Expostos no estande de PlayStation durante a Brasil Game Show, feira de games que acontece até hoje no Expo Center Norte, em São Paulo, Horizon Chase e My Night Job seguem os passos dos pioneiros Krinkle Krusher, Toren e Aritana e a Pena da Harpia - os dois primeiros chegaram ao PS4 em abril, enquanto Aritana, produzido pela paulistana Duaik Entretenimento, foi o primeiro jogo brasileiro a chegar ao console da Microsoft.

É incrível saber que eu faço parte da história do Xbox One, diz o cofundador do estúdio, Pérsis Duaik. Ele conseguiu chegar ao console da Microsoft com apoio do [email protected], programa de incentivo aos desenvolvedores independentes criado pela empresa em 2014.

Apoio

Mais de 30 desenvolvedores brasileiros fazem parte do [email protected] e pelo menos cinco jogos vão chegar ao Xbox One até o fim do primeiro semestre de 2016. Para o gerente-geral de Xbox no País, Willen Puccinelli, o número mostra que os brasileiros alcançaram um novo estágio na indústria de games. Já conseguimos fabricar os videogames por aqui e deixar os jogos em português. Agora, é hora de mostrar que podemos levar os nossos jogos para fora, diz o executivo.

A Sony, por sua vez, tem um programa de incubação de desenvolvedoras, criado em 2013 para apoiar a produção independente em todo o mundo. Segundo a empresa, mais de 20 empresas no Brasil contam com o kit de desenvolvimento para criar jogos para o PS4. Os jogos independentes renovam a indústria como um todo, explica o gerente de PlayStation para América Latina, Anderson Gracias.

Os dois programas funcionam de forma semelhante: Sony e Microsoft cedem às produtoras brasileiras kits de desenvolvimento - versões dos videogames utilizadas para testes durante a criação dos games - e oferecem apoio para divulgar e certificar o game, o que garante o padrão de qualidade.

O principal apoio do [email protected] é a entrega dos kits, que são difíceis de serem adquiridos sem o suporte do programa, diz um dos criadores do game Unnamed Fiasco, Diego Barbosa. O time de Niterói vai lançar o jogo de mesmo nome no Xbox One e no PC em 2016. O Shiny é o nosso primeiro jogo, e graças ao programa, um clipe do nosso trabalho foi exibido na E3 desse ano, diz o cofundador do estúdio paulistano Garage 227, Rafael Lima. Ele se refere à maior feira de jogos eletrônicos do mundo, realizada em Los Angeles (EUA).

Vitrine

Realizada em São Paulo, a Brasil Game Show, que termina hoje, é uma vitrine para desenvolvedores. É a grande exposição para o público de games no Brasil. Há muito espaço para os blockbusters, mas estar ao lado de um jogo como o Metal Gear Solid V: The Phantom Pain é um privilégio enorme, diz Sandro Manfredini, do game Horizon Chase.

A NOVA SAFRA DE GAMES BRASILEIROS

Horizon Chase

Produzido pela gaúcha Aquiris, Horizon Chase é um game de corrida com inspiração nos jogos da década de 1990, como Top Gear e Outrun. Já lançado para iOS, o jogo vai ganhar suporte para pelo menos dois jogadores quando chegar ao PS4, no primeiro trimestre de 2016. Antes, o jogo deve sair para PCs e Android. Com o multiplayer local, vamos trazer de volta a sensação de sentar no sofá com um amigo, jogar contra ele e ter aquela brincadeira eterna de quem ganhou ou perdeu, diz o diretor de negócios da Aquiris, Sandro Manfredini.

Unnamed Fiasco

Legítimo representante do gênero multiplayer de sofá - ou seja, um game feito para ser jogado com amigos do lado -, Unnamed Fiasco coloca os jogadores em uma arena cheia de personagens divertidos, como uma velhinha de bigode. É um jogo bastante caótico, mas ótimo para uma festa, explica o diretor do game feito em Niterói, Diego Barbosa. Unnamed Fiasco chega até fevereiro de 2016 ao Xbox One, e deve custar entre R$ 20 e R$ 30.

My Night Job

A produtora paulistana Webcore Games existe há mais de 15 anos, mas My Night Job é o seu primeiro grande jogo independente. Com espírito dos antigos games arcade (ou fliperamas) e visual retrô, o game presta uma homenagem aos filmes de terror dos anos 1980 como Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo. O desafio aqui é matar a maior quantidade de monstros e conseguir a maior pontuação, como em Tetris ou Space Invaders, explica o diretor criativo do game, Philip Mangione. O jogo deve chegar ao console PS4 no primeiro semestre de 2016.

Shiny

Primeiro jogo da produtora paulistana Garage 227, Shiny tem inspiração futurista e tem previsão de lançamento para o primeiro trimestre de 2016, para Xbox One, PC e PS4. Shiny conta a história de um robô que precisa percorrer diversas fases para salvar os seus amigos robôs, explica o cofundador da empresa, Rafael Lima, que faz parte do programa de apoio da Microsoft, o [email protected]

 

Últimas Notícias

Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
Viagens domésticas podem chegar a cerca de 3 milhões no feriado
Brasil está bem para resistir a choques, diz Goldfajn para FMI
Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco
Juiz decide manter Cabral na cela de isolamento
Justiça decreta prisão de 15 milicianos que agem na zona oeste do Rio
Uma das Sete Maravilhas do Mundo, Cristo Redentor completa 87 anos
Aplicativo vai auxiliar na fiscalização de motoristas e veículos

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212