Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Grandes potências fecham acordo para “cessar hostilidades” na Síria - Jornal Brasil em Folhas
Grandes potências fecham acordo para “cessar hostilidades” na Síria


Os principais atores do conflito sírio chegaram a um acordo na noite desta quinta-feira (11) para “cessar as hostilidades” na Síria dentro de uma semana e garantir acesso intensificado dos civis à ajuda humanitária.

“Acordamos uma cessação das hostilidades em todo o país no prazo de uma semana”, disse o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, durante uma conferência de imprensa. Não haverá cessar-fogo contra o grupo terrorista Estado Islâmico.

O acesso à ajuda humanitária será ampliado a uma série de cidades, segundo Kerry.

Os EUA e a Federação Russa vão controlar as “modalidades” de concretização da paralisação das hostilidades, acrescentou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov.

A paralisação das hostilidades envolve todos os grupos armados, exceto “os grupos terroristas Estado Islâmico e Al-Qaida”, especificou Kerry.

“Também decidimos acelerar e alargar o fornecimento de ajuda humanitária desde agora” a uma série de cidades cercadas, acrescentou o norte-americano, mencionando, entre outras, Deir Ezzor, na Região Leste da Síria, que está sitiada pelo Estado Islâmico.

Um grupo de trabalho dirigido pela Organização da Nações Unidas vai reunir-se hoje em Genebra, para realizar a vertente humanitária, que prestará contas semanalmente.

As negociações intersírias, suspensas no início de fevereiro, devido a uma ofensiva do regime, apoiado pela aviação russa, contra os rebeldes, devem “recomeçar assim que possível”, acrescentou Kerry. Segundo Lavrov, estas negociações devem ocorrer “sem ultimatos nem pré-condições”.

 

Últimas Notícias

John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212