Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jul de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Pezão se diz surpreso com denúncia contra Temer e defende continuação do mandato - Jornal Brasil em Folhas
Pezão se diz surpreso com denúncia contra Temer e defende continuação do mandato


O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse hoje (18) que “o Brasil inteiro ficou surpreso” com a divulgação da delação do empresário Joesley Batista que cita o presidente Michel Temer.

Segundo informações da delação divulgadas pelo jornal O Globo, Temer teria dado aval a Joesley Batista para manter pagamento de mesada ao ex-deputado Eduardo Cunha, preso em Curitiba, para que este se mantivesse em silêncio. Em pronunciamento, Temer negou a acusação, pediu investigação rápida e disse que não renunciará.

Segundo Pezão, a saída do presidente neste momento seria ruim para o país.

“Já foi traumático o impeachment da presidenta Dilma [Rousseff], e se houver mais um problema desseS, é muito difícil para a economia, precisamos de estabilidade. O Brasil precisa fazer um grande encontro de todas as lideranças políticas e arranjar uma solução para o término desse mandato e termos eleições diretas”, disse o governador após participar de evento na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro da capital fluminense.

Para Pezão, a prioridade agora, independentemente da crise política, é a sanção do projeto de lei que trata do ajuste fiscal dos estados superendividados, aprovado ontem (17) no Congresso Nacional.

“A assinatura é fundamental. Não é uma lei para o estado do Rio, é para o Brasil, muitos estados também precisam dessa lei”, afirmou.

Pezão disse que enviará até amanhã (19) à Assembleia legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) três projetos de lei que fazem parte das contrapartidas exigidas pelo governo federal para renegociar as dívidas do estado. Entre os projetos está o que aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%. “Preciso da assinatura e da aprovação da assembleia para ter esses recursos. Assim que passar, acredito quem em 45 dias, 60 dias, teremos esses recursos.” As contrapartidas também incluem o congelamento de reajuste dos servidores públicos e a restrição à realização de concursos públicos.

Doação de campanha da JBS

Pezão disse não ter preocupação com o fato de o grupo JBS, que pertence ao empresário Joesley Batista, ter sido o maior doador de sua campanha para governador em 2014.

“Foi meu maior doador oficialmente, eles confiaram no estado, na nossa administração. Eles investiram em quase todas as campanhas nacionais. Foi tudo declarado na minha contabilidade. Tanto que vocês sabem, porque está disponibilizado da minha campanha.”

Pezão discursou no 29º Fórum Nacional, que tratou de recessão, crise estadual e infraestrutura. O evento também teve a participação dos governadores de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e de Goiás, Marconi Perillo.

Colombo disse que a instabilidade política dificulta planejamentos de médio prazo. “Todo o dia é uma bomba, uma notícia que desarruma tudo. Vivemos no sobressalto. É muito difícil para as lideranças levarem motivação para a população”, afirmou o governador catarinense no evento. “A chapa está quente, e a corda está esticada”, disse, ao defender uma reforma política urgente.

 

Últimas Notícias

Gustavo Mendanha dá início à construção do novo Paço Municipal
Em Nice, feridas seguem abertas em famílias despedaçadas por atentado
Iceberg gigante se desprende da Antártica
Washington limita compra de software da empresa russa Kaspersky
Nova York anuncia plano de US$ 32 milhões contra ratos
Cientistas desenvolvem método não invasivo para avaliar artérias coronárias
Pequenas mudanças nos hábitos alimentares podem prolongar vida
Novo exame de sangue pode ajudar na detecção precoce do câncer de pâncreas

MAIS NOTICIAS

 


MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 
 
TECNOLOGIA
iPhone chegava há 10 anos; conheça a birra que levou Steve Jobs a criá-lo

Alguns dos maiores aparelhos surgem de um momento de inspiração de um designer. Outros resultam de um avanço na tecnologia.

 
 
POLÍTICA
Indicada sob dúvidas, Dodge tem desafio de manter biografia intacta

A indicação da procuradora Raquel Dodge para a sucessão de Rodrigo Janot na chefia da Procuradoria-Geral da República naturalmente vem carregada de questionamentos.

 
 
POLÍTICA
STF envia denúncia contra Temer para a Câmara

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, enviou nesta quinta (29) a denúncia contra o presidente Michel Temer para a Câmara dos Deputados.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212