Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Analistas recomendam 4 ações para lucrar no cenário político atual - Jornal Brasil em Folhas
Analistas recomendam 4 ações para lucrar no cenário político atual


O conturbado cenário político vivenciado nos últimos dias teve impacto direto no mercado e só na última quinta-feira o Ibovespa sofreu uma queda de 8,8%. Apesar disso, o contexto traz algumas oportunidades de compra.

É o que diz um relatório enviado aos clientes da WhatsCall Research, o qual reforça que a queda das ações durante o pregão de ontem trazem oportunidades no cenário de commodities, em especial agrícolas, por exemplo, “que devem continuar exportando os mesmos volumes que os projetados antes da crise, em função do tamanho da safra”.

Por outro lado, ações de empresas com controle estatal, em especial federal, podem continuar pressionadas e voláteis, segundo os analistas Fernando Bresciani e Flávio Conde, que assinam o relatório, caso a crise política venha a interferir na gestão/decisão do dia a dia da empresa.

Ainda de acordo com os analistas, esta volatilidade deve continuar até que haja uma apuração mais detalhada sobre a acusação feita contra o presidente Michel Temer, assim como, uma definição sobre sua situação política.

Entre as maiores quedas, as que a instituição acredita serem as mais atrativas, combinando melhor risco e retorno são:

Itaú (ITUB4)

“O banco continuará gerando resultados fortes e sólidos com ou sem Temer na presidência, com o dólar a R$ 3,10/US$ ou a R$ 3,50/US$”, escrevem. E completam: “Mantemos nosso preço alvo de R$46,00/ação, com potencial de valorização de 32,6% até o final do ano”.

Metalúrgica Gerdau (GOAU4)

Os analistas acreditam que a Gerdau continuará a gerar bons resultados em 2017, sendo que 60% da receita líquida do grupo vem do exterior. ”Além de se beneficiar com a retomada da economia interna, a receita da empresa possui um hedge natural em caso de desvalorização do real”. Os analistas estimam, ainda, um potencial de upside de 78% para os papéis da empresa holdinf da Gerdau S.A.

Sanepar (SAPR4)

Os analistas explicam que a empresa não tem exposição ao dólar e costuma ser um dos setores mais conservadores da economia. “Sanepar é uma das melhores empresas de saneamento do país, e acabou de passar por um processo de revisão tarifária turbulento, onde obteve um reajuste de 25,63% diluído em oito anos, sendo 8,53% em 2017”, escrevem.

Rumo (RAIL3)

“As ações da Rumo são uma das melhores opções em bolsa para capturar o efeito da super safra agrícola”, escrevem. De acordo com a equipe de análise, com ou sem Temer a safra continuará sendo transportada via ferrovia, pois não é possível escoar toda essa produção via rodovias.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212