Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Goiás cresce acima da média impulsionado pela força do agronegócio e da economia - Jornal Brasil em Folhas
Goiás cresce acima da média impulsionado pela força do agronegócio e da economia


Em reunião de trabalho na tarde deste sábado, dia 20, na Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), onde é realizada a 72.ª Exposição Agropecuária, o governador Marconi Perillo afirmou que, graças ao dinamismo do setor ao profundo processo de diversificação da economia do Estado nos últimos anos, Goiás cresce acima da média nacional e está saindo mais cedo da crise. “No primeiro quadrimestre do ano Goiás gerou 12 mil empregos. Essa é uma demonstração de que o Brasil Central é uma região que puxa o país para frente. Nós crescemos mais do que a média nacional, fundamentalmente, pela força do agronegócio, que tem em Goiás grande destaque, e também por termos uma economia diversificada”, disse Marconi.

O governador cumpriu agenda de trabalho na sede da SGPA acompanhado do primeiro e segundo escalões do governo. Marconi analisou o desenvolvimento do agronegócio no Estado desde que assumiu o Executivo pela primeira vez, em 1999, conversou com representantes do setor rural e ouviu demandas que serão analisadas por ele e sua equipe de secretários. “É motivo de grande satisfação estar aqui para debater com os produtores rurais sobre seus negócios e suas demandas. Esta é a primeira vez que eu trago à SGPA o primeiro e segundo escalões do governo para demonstrar que prestigiamos e valorizamos a exposição agropecuária, uma das melhores do país”, disse Marconi.

Marconi disse que, quando esteve no Parque de Exposições Agropecuárias pela primeira vez como governador, em 1999, “os produtores rurais tinham inúmeras reivindicações. Agora, percebo que as demandas acumuladas acabaram. Hoje, estamos aqui parar prestigiar, ouvir e servir”.

O presidente da SGPA, Tasso Jayme, aproveitou a presença do governador Marconi Perillo para fazer a abertura oficial da 72.ª Exposição Agropecuária de Goiás. “Para mim essa é uma data festiva, por receber o senhor aqui”, disse Tasso. Ao falar sobre a crise política que abala a economia do país, Tasso Jayme defendeu que “o agronegócio é o motor da economia brasileira” e que aqui, “graças ao dinamismo do governador Marconi Perillo, de sua equipe e sua forma de administrar, Goiás está passando seguro pela crise e se despontando frente aos demais Estados da Federação”.

No final de seu discurso, Tasso Jayme agradeceu a presença do governador e sua equipe. “Obrigado por esse crescimento focado no futuro e pelo que o senhor tem feito pelo desenvolvimento do agronegócio”.

Ao abordar a crise política e econômica que afeta o Brasil, Marconi Perillo destacou que Goiás tem cumprido sua missão de colocar as contas em dia, garantir o funcionamento dos serviços públicos, fomentar a economia e a geração de empregos. Goiás está em segundo lugar no ranking nacional de geração de empregos, segundo dados do Caged. “No primeiro quadrimestre do ano Goiás gerou 12 mil empregos. Essa é uma demonstração de que o Brasil Central é uma região que puxa o país para frente. Nós crescemos mais do que a média nacional, fundamentalmente, pela força do agronegócio, e também por termos uma economia diversificada”.

72.ª Exposição Agropecuária de Goiás
A 72.ª Exposição Agropecuária de Goiás conta com 700 animais, cerca de 220 expositores de todo o país e geração de 250 postos de trabalho. O show de abertura da pecuária 2017 teve público aproximado de 40 mil pessoas. “Nós estamos com 100% de lotação das baias. Isso mostra nossa credibilidade e a força da nossa economia. Hoje, os compradores do Brasil e até do exterior nos respeitam pela qualidade dos nossos produtos”, enfatizou Tasso Jayme.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212