Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 DNPM autoriza extração de ametista em nova jazida na Bahia - Jornal Brasil em Folhas
DNPM autoriza extração de ametista em nova jazida na Bahia


Após a descoberta de uma jazida de ametista na cidade de Sento Sé, no norte da Bahia, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) informou hoje (23) que autorizou a extração da rocha pelos mineiros da região, desde que a atividade seja regulamentada pelo órgão.

Segundo nota emitida pelo departamento ligado ao Ministério de Minas e Energia (MME), a prefeitura de Sento Sé deve fiscalizar e elaborar “ações de suporte” para reduzir os efeitos sociais e econômicos indesejados na cidade e no meio ambiente.

“Eu sou do ramo e sempre trabalhei com pedras. Nós avaliamos a situação aqui, e outra equipe, maior, vai se concentrar para fazer uma avaliação de tudo que foi visto e analisado, para tratarmos da regularização, para dar tranquilidade ao garimpeiro. Este é um novo garimpo que vai ser tão grande quanto o Garimpo da Cabeluda [também de Sento Sé]”, avaliou o superintendente do DNPM, Raimundo Sobreira Filho.

Descoberta

A mina de ametista foi descoberta por moradores, no início deste mês, no alto de uma das serras que contornam a cidade de Sento Sé, no Garimpo de Quixaba, a cerca de 700 quilômetros da capital baiana. A informação atraiu o interesse de moradores e milhares de pessoas que foram até a cidade, para trabalhar na extração da pedra considerada preciosa. O quilo do mineral chega a custar R$ 3 mil.

Ao saber da descoberta, geólogos e engenheiros de minas do DNPM foram à cidade para conhecer o local das extrações e conversaram com representantes da população e do governo municipal, entre os dias 16 e 17 de maio.

O órgão estima que mais de 3 mil pessoas oriundas de várias regiões do país se dirigiram ao Garimpo Quixaba. A prefeitura, no entanto, avalia que cerca de 8 mil pessoas foram até a cidade.
É o caso do garimpeiro Rosemiro Freire, de 83 anos, vindo do município de Jussara, vizinho de Sento Sé.

“Cheguei faz quatro dias. Tem muita pedra por aqui, muita gente veio e desistiu porque achou difícil, mas acho que quem desistiu é mole. A gente se mantém numa barraca, e Deus dá recurso para nos alimentarmos aqui. Acho que esse garimpo vai durar a vida toda”, disse Rosemiro, que é garimpeiro desde os 20 anos e enxerga ali uma nova oportunidade de conseguir renda para a família.

Também integrante da equipe do DNPM Bahia, o engenheiro de minas Marco Freire considera a descoberta da mina uma opção para as pessoas que estão desempregadas e precisam de uma renda. Ele diz que vê “com bons olhos” a oportunidade para as milhares de pessoas que se arriscam diariamente na atividade, mas quer garantir a segurança e assistência a essas pessoas.

“Vamos propor uma comissão mais ampla com outras instituições [oficiais e civis] para atuar em diversas frentes, segurança do trabalho, acesso, assistência social, uma força-tarefa. Ao DNPM compete agilizar o processo de regularização ou fiscalização”, disse Freire.

Segundo o DNPM, a reunião que dará início à regularização do garimpo será realizada em Salvador, mas ainda não há data prevista.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212