Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 BC projeta continuidade de resultados positivos nas contas externas em maio - Jornal Brasil em Folhas
BC projeta continuidade de resultados positivos nas contas externas em maio


As contas externas devem registrar em maio deste ano o terceiro resultado positivo seguido. A projeção do Banco Central (BC) é que o superávit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo, fique em US$ 1,5 bilhão. De acordo com dados divulgados hoje (23), em abril, o saldo positivo ficou em US$ 1,153 bilhão.

A expectativa do BC é de resultado positivo mesmo com a crise política gerada após a divulgação pelo jornal O Globo de parte da delação da empresa JBS, envolvendo o presidente da República, Michel Temer, e o senador afastado do PSDB, Aécio Neves.

“Com o evento da semana passado, tivemos aumento de incertezas, mas a mensagem é que o Banco Central atua para manter o bom funcionamento do mercado”, disse o chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha.

No dia 18, primeiro dia de funcionamento do mercado financeiro após a divulgação da delação, houve mais entrada de dólares do que saídas nos segmentos comercial e financeiro, no total de US$ 2,338 bilhões. No dia seguinte (19), o saldo também foi positivo: US$ 1,124 bilhão. “Nesses dois dias, houve ingressos líquidos no mercado de câmbio doméstico. Quanto às incertezas, tem que ver como esse cenário evolui”, acrescentou.

“É muito difícil definir precisamente o que está acontecendo em um dia específico no mercado de câmbio. Teve um aumento na taxa de câmbio que pode ser favorável para o exportador que decida internalizar [trazer o dinheiro para o país] recursos”, acrescentou Rocha.

Investimento estrangeiro

Rocha disse ainda que o BC projeta continuidade da entrada de investimento estrangeiro direto no país, recursos aplicados no setor produtivo. Neste mês, até a última sexta-feira (19), houve ingresso de US$ 1,4 bilhão. A projeção para todo o mês de maio é de US$ 2,8 bilhões. “Para os próximos períodos a expectativa é que o investimento direto continue sendo a principal fonte de financiamento do déficit em transações correntes”, disse Rocha.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212