Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo dos EUA acusa Fiat Chrysler de manipular emissões de motores a diesel - Jornal Brasil em Folhas
Governo dos EUA acusa Fiat Chrysler de manipular emissões de motores a diesel


O Departamento de Justiça dos Estados Unidos apresentou nesta terça-feira um processo civil contra a Fiat Chrysler pela suposta manipulação das emissões dos motores a diesel dos veículos produzidos pela montadora.

Segundo o governo dos EUA, 104 mil veículos da Fiat Chrysler equipados com motores EcoDiesel de 3 litros têm funções de software que não foram revelados aos reguladores durante o processo de verificação. Além disso, no processo, o Departamento de Justiça diz que esses automóveis têm sistemas para manipular as emissões.

Os dois modelos envolvidos seriam o Jeep Grand Cherokee 2014-2016 e RAM 1500 2014-2016. Os softwares instalados nesses veículos, segundo o governo americano, permitem que os sistemas de controle de emissões se comportem de maneira distinta durante a condução normal e durante os testes de emissão de gases.

A manipulação seria capaz de esconder as emissões reais de dióxido de nitrogênio dos veículos, que são muito superiores às permitidas pela legislação em vigor no território americano.

A acusação do governo dos EUA é similar à realizada contra a Volkswagen em 2015. A montadora alemã reconheceu que utilizou um software para manipular as emissões reais de seus motores a diesel no país e se comprometeu a pagar bilhões de dólares em multas e compensações.

A Fiat Chrysler, porém, negou as acusações do Departamento de Justiça e disse estar decepcionada com o processo apresentado pela Divisão de Meio Ambiente e Recursos Naturais do órgão.

Temos a intenção de nos defender de forma intensa, particularmente contra qualquer acusação de que iniciamos um programa deliberado para instalar equipamentos para manipular os testes de emissões nos EUA, disse a Fiat Chrysler em nota.

Na semana passada, a companhia anunciou que modificará os software de seus motores a diesel no país para solicitar às autoridades federais a certidão de que os veículos estão de acordo com a legislação americana.

Segundo a Fiat Chrysler, a atualização do software melhora as calibragens e atende às preocupações expressadas pela Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos EUA. EFE

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212