Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Projeto de lei permite transferência de passagem aérea sem ônus - Jornal Brasil em Folhas
Projeto de lei permite transferência de passagem aérea sem ônus


SÃO PAULO – Tramita desde fevereiro na Câmara um projeto de lei (PL 7006/2017) que permite mudança de nome em passagens aéreas até 24h antes do embarque. Atualmente, todos os bilhetes são pessoais e intransferíveis.

Autora da proposta, a deputada Josi Nunes (PMDB-TO) acredita que motivos de segurança alegados pelas aéreas não são suficientes para impedir que o passageiro tenha direito à troca. Ela defende, ainda, que a real justificativa para a regra atual é comercial e busca evitar a arbitragem.

Na arbitragem, a pessoa adquire a passagem a certo preço, comumente promocional, e depois a revende em data próxima à viagem, em preço superior ao da aquisição original, embora ainda inferior ao praticado no dia pelo transportador”, comentou a deputada.

Ela argumenta, ainda, que o passageiro é identificado pela aérea sempre no momento do check-in, e não antes, o que enfraqueceria o argumento da segurança. A antecedência mínima de 24 horas em relação ao horário de embarque, que está prevista no projeto de lei, é o bastante para garantir a efetividade de qualquer procedimento de segurança aplicável à identificação e averiguação do passageiro, defende.

Caso aprovado, o projeto prevê a troca tanto quando o passageiro desistir de viajar por si próprio quanto em casos de impossibilidade de embarcar.

Atualmente, regras de aviação ao redor do mundo se assemelham ao que é aplicado pela Anac, impedindo a troca de nome em passagens aéreas. O órgão permite desistência da passagem até 24 horas depois do recebimento do comprovante de pagamento, desde que a compra seja feita com antecedência maior que 7 dias da data do voo. Multas por cancelamento só não podem ser superiores ao valor da passagem.

A proposição, que tramita em regime de urgência, está agora sujeira à apreciação do Plenário da Câmara.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212