Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Jardim Botânico do Rio abre comemorações sobre meio ambiente - Jornal Brasil em Folhas
Jardim Botânico do Rio abre comemorações sobre meio ambiente


Com jogos de memória e de tabuleiro e contação de histórias, que visam a despertar o interesse sobre a importância e preservação da Mata Atlântica, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro deu início hoje (26) às comemorações do Dia da Mata Atlântica, que transcorre amanhã (27), da Semana do Meio Ambiente (de 3 a 12 de junho) e do seu aniversário de 209 anos, que será comemorado no próximo dia 13 de junho.

A abertura da Semana do Meio Ambiente, no dia 3 de junho, será marcada por apresentações das orquestras do Projeto Villa-Lobos e as Crianças, que há nove anos beneficia jovens de comunidades de baixa renda da cidade com ações de profissionalização em música. Enquanto a orquestra filarmônica do projeto mostrará repertório de música barroca e clássica, além de composições do maestro Heitor Villa-Lobos, a Orquestra Popular Tuhu apresentará música popular brasileira. O projeto voltará a se apresentar no dia 10.

No período de 5 a 8 de junho, poderão ser feitas inscrições, no Centro de Visitantes, para as trilhas e os roteiros do Jardim Botânico. No dia 9, haverá visita guiada ao Jardim Sensorial, sem a necessidade de inscrição. No dia 11, as crianças serão brindadas com o Teatro Infantil Papa Vento. Dia 12, haverá visita guiada ao Solar da Imperatriz, com ponto de encontro no Centro de Visitantes, às 13h15. No dia do aniversário do Jardim Botânico (13), a entrada será gratuita para todos os visitantes, que assistirão à apresentação do projeto Música no Jardim.

Recado

Na avaliação do presidente do Jardim Botânico, o economista e ambientalista Sérgio Besserman Vianna, o recado a ser dado para a população brasileira durante esses eventos é que “conservação e restauração ecológica dos biomas da Amazônia, do Cerrado, da Mata Atlântica, cumprir a lei do Código Florestal, são componentes fundamentais do desenvolvimento do Brasil”.

Vianna assegurou que, sem isso, não haverá desenvolvimento. Esclareceu que não se trata mais de uma questão apenas de proteger a natureza. “É uma questão ligada aos serviços para levar água à casa de todo mundo, ao combate à pobreza, às oportunidades de investimento no Brasil”. Ele deixou claro que o desenvolvimento do país passa pela “conservação e restauração dos ecossistemas”.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212