Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo faz levantamento de prejuízos na Esplanada após protestos em Brasília - Jornal Brasil em Folhas
Governo faz levantamento de prejuízos na Esplanada após protestos em Brasília


A Advocacia-Geral da União (AGU) solicitou, com urgência, um levantamento dos prejuízos a órgãos públicos após quebra-quebra na manifestação desta quarta-feira (24) em Brasília.

A medida tem o objetivo de embasar ações judiciais para reparação de danos ao patrimônio público após a marcha Ocupa Brasília, que levou à Esplanada dos Ministérios manifestantes de todo o país.

Segundo a AGU, podem ser responsabilizados os organizadores do ato e demais agentes identificados pela polícia. O processo será aberto após o recebimento de informações dos órgãos que tiveram suas instalações danificadas. Até o momento, apenas dois ministérios divulgaram informações sobre os prejuízos.

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão já concluiu a verificação dos danos causados aos prédios ocupados pela pasta. Ao todo, foram estimados mais de R$ 330 mil em prejuízo, desse total, R$ 140 mil por danos ao mobiliário e R$ 55 mil por avarias em computadores.
Brasília - Polícia e manifestantes entram em confronto na Esplanada dos Ministérios durante protesto contra o governo do presidente Temer e reformas trabalhista e da Previdência (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Polícia e manifestantes entram em confronto na Esplanada durante protesto contra o governo TemerFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em nota, o Ministério do Planejamento informou que aguarda os resultados das perícias que estão sendo realizadas por órgãos especializados para calcular o total de gastos com que a União terá de arcar para os reparos.

O prédio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento já passou por perícias da Defesa Civil, da Polícia Federal e do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e, segundo a pasta, os prejuízos com a depredação chegam a R$ 1,105 milhão.

Ato

De acordo com o governo do Distrito Federal, a marcha Ocupa Brasília reuniu cerca de 45 mil de pessoas de vários estados. O ato começou de forma pacífica, mas terminou em tumulto e quebra-quebra, com depredação de órgãos públicos, após a ação de vândalos e a atuação da Polícia Militar. Organizada por centrais sindicais e movimentos sociais, a manifestação pediu a saída do presidente Michel Temer e a rejeição das reformas previdenciária e trabalhista.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212