Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 UE aprova revisão da legislação sobre homologação de veículos, após Dieselgate - Jornal Brasil em Folhas
UE aprova revisão da legislação sobre homologação de veículos, após Dieselgate


Os países da União Europeia (UE) concordaram nesta segunda-feira com o início das negociações entre as instituições comunitárias para revisar o procedimento de homologação de veículos na Europa, quase dois anos depois do escândalo da Volkswagen.

A proposta apresentada por Malta, que tem a presidência semestral do bloco, pretende cobrir as lacunas do atual sistema e melhorar a vigilância tanto do mercado como das autoridades que concedem os certificados que permitem a um determinado modelo de veículo circular na UE.

Apesar da oposição de alguns países, o documento de consenso, que deve ser discutido agora com o Executivo comunitário e a Eurocâmara, mantém a possibilidade para a Comissão Europeia de impor diretamente multas aos fabricantes que violam a legislação europeia.

A medida, que contempla multas de até 30.000 euros por veículo, seria possível apenas se nenhum dos 28 Estados puniu ou absolveu, a nível individual, a montadora em questão.

Outra novidade é a possibilidade para as autoridades nacionais ou para o Executivo comunitário de realizar controle de surpresa em pelo meno um a cada 50.000 veículos em circulação.

O texto é um ponto de início para as negociações com o Parlamento Europeu, que ao lado do Conselho da UE e da Comissão, deve alcançar agora um acordo final, afirmou o ministro da Economia de Malta, Christian Cardona.

O escândalo da Volkswagen evidenciou os limites da UE para enfrentar a questão.

Ao contrário dos Estados Unidos, onde foi revelado o caso sobre a alteração dos níveis reais de emissões poluentes em alguns modelos de veículos, o bloco tem dificuldades para multar a montadora alemã e indenizar os consumidores europeus.

A Comissão Europeia abriu procedimentos de infração contra alguns países do bloco pela não aplicação de sanções e por falta de garantias suficientes a alguns modelos de veículos.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212