Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Draghi pede que bancos se preparem a tempo para o Brexit - Jornal Brasil em Folhas
Draghi pede que bancos se preparem a tempo para o Brexit


Bruxelas, 29 mai (EFE).- O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, pediu nesta segunda-feira aos bancos que se preparem a tempo para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), e admitiu que o processo gera riscos para a supervisão comunitária das entidades.

Estamos preparados para ajudar os bancos a reorganizarem suas atividades na zona do Euro e é muito importante que esses bancos façam todas estas preparações a tempo, disse Draghi em discurso na Comissão de Assuntos Econômicos do Parlamento Europeu.

Draghi acrescentou que o BCE está se preparando internamente para as possíveis consequências da saída do Reino Unido, o que inclui também os aspectos relacionados à supervisão das entidades, e informou que está acompanhado de perto as preparações dos bancos para o Brexit.

O presidente da instituição com sede em Frankfurt ressaltou que muitos dos riscos do Brexit têm que analisados com o modo em que serão gerenciados e que, se esta gestão for bem feita, muitos dos riscos não se materializarão.

Esta gestão tem muitos atores e entre eles estão os bancos, insistiu Draghi, que também destacou o papel que será desempenhado pelas autoridades nacionais.

O dirigente reconheceu que há um risco de fragmentação e de lacunas na supervisão que o Mecanismo Único de Supervisão não pode abordar no momento, disse Draghi em referência ao mecanismo dentro do BCE que se encarrega de vigiar que o cumprimento dos requisitos por parte das entidades da zona do Euro.

Temos de nos assegurar que todos os bancos na zona do Euro cumpram os padrões europeus de supervisão bancária. É importante que a segurança e a solidez do nosso sistema não seja pior após o Brexit, acrescentou Draghi.

O presidente do BCE explicou que os bancos atualmente com sede em Londres podem escolher estabelecer intermediários ou filiais na zona do Euro e, em ambos casos, esses não estariam sujeitos à supervisão europeia.

Neste sentido, pediu ao Parlamento Europeu que como legislador das normas comunitárias garanta que os riscos similares sejam tratados de uma forma similar e que todo risco regulador seja evitado.

Draghi se pronunciou assim ao ser perguntado pelos eurodeputados sobre como o BCE garantirá a igualdade de condições quando as instituições financeiras situadas em Londres escolherem um lugar após o Brexit.

Uma das questões mais relevantes na negociação entre UE e Reino Unido nos termos do Brexit será a definição das condições para as instituições financeiras que hoje têm sede oficial em Londres, e que após a retirada do país perderão o chamado passaporte que as permite operar no conjunto da União Europeia.

 

Últimas Notícias

Veja como é a vida do rei Marcio em seu castelo de areia no Rio
Três anúncios para um crime é favorito no SAG, termômetro do Oscar
Shakira é acusada de sonegação fiscal
Exploradores descobrem a maior caverna inundada do mundo no Caribe mexicano
Veja a trajetória de Lula em dez datas
Turquia lança operação contra milícia curda na Síria, bombardeios matam dez
Tribunal iraquiano condena alemã à morte por pertencer ao EI
SPD alemão aprova princípio de coalizão com Merkel

MAIS NOTICIAS

 

Tantas pontuações já não significam nada, afirma premiado chef francês
 
 
Leonardo DiCaprio protagonizará filme de Tarantino sobre Charles Manson
 
 
DiCaprio vai estrelar filme de Tarantino sobre assassinatos de Charles Manson
 
 
Palestinos buscam dar uma resposta a Trump sobre Jerusalém
 
 
Países e organizações indignados com Trump por declarações racistas
 
 
Oliver Stone assina petição para que Lula possa disputar eleição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212