Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Deputado sul-coreano defende que seu país se dote de armamento nuclear - Jornal Brasil em Folhas
Deputado sul-coreano defende que seu país se dote de armamento nuclear


Um importante parlamentar sul-coreano, membro do partido governante, pediu nesta segunda-feira que Seul se dote de uma força de dissuasão nuclear diante da ameaça crescente dos programas nuclear e armamentístico norte-coreanos.

Os sul-coreanos partidários de que seu país disponha de armamento nuclear são minoria, mas seu número aumenta a cada teste nuclear norte-coreano.

Os Estados Unidos retiraram suas armas nucleares táticas da Coreia do Sul no fim de 1991, mas o território sul-coreano segue protegido pelo guarda-chuva nuclear americano.

Após o quarto teste nuclear norte-coreano de 6 de janeiro e o disparo de um foguete de longo alcance em 7 de fevereiro, Won Yoo-Cheol, chefe do governante partido Saenuri no Parlamento, estimou que chegou a hora de mobilizar novamente estas armas ou de a Coreia do Sul se dotar de suas próprias.

Não podemos pedir emprestado um guarda-chuva ao vizinho sempre que chove. Devemos arranjar uma capa de chuva e colocá-la nós mesmos, declarou em um discurso ante o Parlamento, reproduzido pela agência sul-coreana Yonhap.

Seul é um dos 190 signatários do Tratado de Não Proliferação, ao qual Pyongyang deu as costas em 2003. Washington, por sua vez, não é partidário de ampliar o número de países que dispõem de armamento nuclear.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212