Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo de Goiás investe em rodovias para salvar vidas - Jornal Brasil em Folhas
Governo de Goiás investe em rodovias para salvar vidas


Trinta e cinco câmeras ligadas 24 horas por dia. Este foi o aparato inaugurado nesta quinta-feira pelo governador Marconi Perillo (PSDB) para intensificar a fiscalização nas rodovias estaduais. São aparelhos modernos e capazes de flagrar motoristas infratores que fazem retorno ou estacionam em local proibido, trafegam sem cinto de segurança, velocidade acima do permitido ou usam telefone celular no trânsito, colocando em risco a vida de outras pessoas. A expectativa do governo é a de que haja rápida e drástica redução no número de mortes causadas por acidentes nestas estradas.

A Central de Videomonitoramento está sediada na Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop). Na primeira etapa do projeto, foram aparelhadas a GO-020, trecho BR-153-Autódromo; GO-040, Goiânia-Setor Madre Germana; GO-060, Goiânia-Trindade e GO-403, Goiânia-Senador Canedo. Todas já estão duplicadas e iluminadas. De acordo com a administração do Estado, à medida que novas pistas forem duplicadas e iluminadas, elas serão também monitoradas. As câmeras possuem alta resolução e estão aptas a fazer registros com imagem aproximada em até 200%.

A Central deve contribuir com a tendência, já observada nos últimos meses, de diminuição das ocorrências em estradas estaduais. De acordo com dados do Comando de Policiamento Rodoviário (CPR), entre janeiro de 2016 e janeiro deste ano houve redução de 29,6% no número de acidentes sem vítima, passando de 179 para 126. A quantidade de acidentes com vítima caiu de 159 para 147% (-7,55%) e os acidentes fatais, que no primeiro mês de 2016 somaram 29, foram 18 no mesmo período do ano seguinte (-37,9%). A quantidade de óbitos caiu de 40 para 18 (queda de 55%).

“É um avanço extraordinário”, afirmou o governador Marconi Perillo (PSDB) na inauguração. “Graças à modernidade e ao avanço tecnológico, passamos a detectar infratores, ladrões, e também as causas dos acidentes. Motoristas que atropelam, matam e fogem também são presos porque as placas são vistas em tempo real. Certamente vai resultar na redução da mortalidade no trânsito dessas importantes rodovias”. Marconi disse também que o investimento do governo na iluminação das pistas é fundamental para garantir a segurança dos pedestres e motoristas que não infringem a lei.

Ainda de acordo com o governador, os dados coletados pela Central de Videomonitoramento serão utilizados para intervenções futuras nas pistas e estudos de modernização da malha rodoviárias estadual. O acesso às imagens das câmeras é exclusivo da Agetop e do Comando de Policiamento Rodoviário. Os registros serão armazenados por até 30 dias e, em casos específicos, como acidentes, as imagens podem ser cedidas à Polícia Civil, Polícia Militar ou à Justiça, para elucidação de crimes. As câmeras se juntam ao aparato de fiscalização já existente na Agetop, que é composto de 190 faixas de barreira eletrônica, 59 faixas de radar fixo, 30 radares estáticos (utilizados no projeto Paz na Estrada) e 24 radares portáteis tipo pistola (utilizados pelo Comando de Policiamento Rodoviário). Novos equipamentos entram em funcionamento até o fim do ano, de acordo com a Agetop.

O videomonitoramento de estradas é regulamentado pelo Conselho Nacional de Trânsito desde dezembro de 2013 e já é realizado em rodovias federais (em janeiro, eram 95 câmeras em estradas geridas pela União. O Palácio do Planalto anunciou a instalação de mais 837) e de outros estados. No Rio de Janeiro, por exemplo, já são 272 câmeras, ao todo.

INVESTIMENTOS
Além da Central de Videomonitoramento, o governo também abriu frentes de trabalho para restauração de rodovias estaduais. As obras constam no planejamento feito para o programa Goiás na Frente, que prevê o investimento de R$ 6 bilhões em áreas diversas até o final de 2018. 32 já estão em execução. Em sete, as máquinas já estão na pista. A previsão da Agetop é a de que mais de 1,3 mil km de rodovias pavimentadas passem por restauração até o final deste ano.

O Programa Goiás na Frente estipula que, dos R$ 6,1 bilhões que serão investidos pelo governo estadual ao longo dos próximos dois anos, R$ 2,2 bilhões sejam destinados à construção, duplicação, restauração e manutenção das rodovias estaduais.

 

Últimas Notícias

Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais
BNDES fecha o ano com desembolsos de R$ 71 bilhões

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212