Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 JBS está de olho em Natura e Pão de Açúcar; Dilma aceita mudanças no pré-sal e mais notícias - Jornal Brasil em Folhas
JBS está de olho em Natura e Pão de Açúcar; Dilma aceita mudanças no pré-sal e mais notícias


SÃO PAULO - Se o dia é de alívio para os mercados internacionais, o noticiário corporativo brasileiro é bastante movimentado. Em destaque, está a notícia da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, de que o dono da JBS (JBSS3), Joesley Batista, está de olho na Natura (NATU3) e Pão de Açúcar (PCAR4), mas sem dar mais detalhes.

Em novembro, a controladora da JBS, a J&F, comprou por R$ 2,667 bilhões o controle da Alpargatas (ALPA4).

Petrobras Segundo informações do jornal Valor Econômico, a presidente Dilma Rousseff aceita rediscutir o papel da Petrobras na exploração do pré-sal. Hoje, a Petrobras (PETR3;PETR4) é legalmente a única operadora e deve ter participação obrigatória de pelo menos 30% nos consórcios. A presidente concorda com mudanças, informa o Valor, desde que a empresa mantenha o direito de preferência nos próximos leilões.

Vale destacar que o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, não fez “qualquer avaliação nem manifestação sobre projetos em tramitação no Congresso Nacional que objetivem modificar a legislação relativa ao setor de petróleo e gás”, segundo nota do ministério. Braga conversou com repórteres em 11 de fevereiro sobre as normas relativas a conteúdo nacional e ao fundo social, diz MME. Na semana passada, o Valor Econômico havia noticiado que o ministro aceitou debater papel da Petrobras como operadora do pré-sal.

Por fim, a Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros) informou à Dasa (DASA3) que vendeu toda a sua participação acionária na companhia. Conforme dados da BM&FBovespa e do site da empresa, a Petros detinha 10% do capital social da Dasa.

Cabe ressaltar que a Petros não possui bônus de subscrição, bem como direitos de subscrição de ações e de opções de compra de ações e também não detém debêntures conversíveis de emissão da Dasa e não foram celebrados quaisquer contratos ou acordos que regulem o exercício de direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários, esclareceu a Petros, no comunicado à Dasa.

CSN A CSN (CSNA3) foi condenada a pagar R$ 13 milhões por ter descumprido um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro. O MPRJ afirmou que o valor garante o cumprimento de medidas de controle de efluentes líquidos, águas pluviais, riscos potenciais e ruídos na Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda. Nenhum porta-voz da CSN não foi encontrado para comentar.

Hypermarcas O Conselho de Administração da Hypermarcas (HYPE3) aprovou a recompra de até 100% de títulos com vencimento em 2021. De acordo com a análise do Santander, o anúncio é positivo, pois “demonstra o compromisso da companhia em reduzir endividamento e o custo da dívida”.

BTG Pactual O BTG Pactual (BBTG11) cancelou 19,9 milhões de units e anunciou a recompra de até 19,1 milhões.

Prumo Segundo informações do jornal O Globo, nesta segunda-feira, a SEP (Secretaria Especial dos Portos) dará autorização para operação da maior base de apoio a embarcações do mundo, que está em estágio final de construção no porto do Açu, em São João da Barra, da Prumo Logística (PRML3). Com essa permissão, a Brasil Port, empresa do grupo americano Edison Chouest, poderá começar a atender, principalmente, às embarcações que servirão ao pré-sal na Bacia de Campos. O investimento de R$ 610 milhões nesse Terminal de Uso Privativo (TUP) é parte dos R$ 7,8 bilhões que o estado do Rio receberá até 2042, o que corresponde a 15% de todos os recursos programados para o setor portuário no país nesse horizonte, de R$ 51 bilhões, de acordo com as previsões da SEP.

São Martinho O São Martinho (SMTO3) registrou um lucro líquido de R$ 76 milhões no segundo trimestre da safra 2015/2016, alta de 42% sobre os R$ 53,5 milhões obtidos terceiro trimestre de 2014/15.

A companhia teve uma receita líquida de R$ 852,6 milhões no terceiro trimestre da temporada 2015/16, avanço de 43,5% sobre os R$ 594,1 milhões registrados em igual período da safra anterior.

Duratex A empresa de insumos para a construção civil Duratex (DTEX3) teve lucro líquido de 54,36 milhões de reais no quarto trimestre, queda de 39,7 por cento ante o mesmo período do ano anterior, informou nesta segunda-feira.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa somou 168,84 milhões de reais, baixa de 44,1 por cento na base de comparação anual.

A companhia informou ainda que o Conselho aprovou a recompra de até 23,9 milhões de ações ordinárias. A recompra está prevista para acontecer entre 16 de fevereiro de 2016 até 31 de julho de 2017.

Impacto do zika A propagação do Zika vírus possivelmente afetará as ações vinculadas aos setores de turismo e transporte na América Latina no curto prazo, mas ainda não surgiu evidência de um impacto prolongado nos mercados e economias locais, afirmaram analistas do Morgan Stanley. As economias de México e Peru seriam as mais afetadas se o vírus se propagasse por toda a América Latina, algo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) teme que aconteça neste ano. O turismo representa quase 9 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) em ambos os países.

A propagação do Zika vírus possivelmente afetará as ações vinculadas aos setores de turismo e transporte na América Latina no curto prazo, mas ainda não surgiu evidência de um impacto prolongado nos mercados e economias locais, afirmaram analistas do Morgan Stanley.

As economias de México e Peru seriam as mais afetadas se o vírus se propagasse por toda a América Latina, algo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) teme que aconteça neste ano. O turismo representa quase 9 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) em ambos os países. No setor de saúde, cias. como Fleury (FLRY3) e Dasa, e varejistas como Raia Drogasil (RADL3) devem aumentar vendas, embora com impacto limitado nas receitas.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212