Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Temer participa de cerimônia em comemoração aos 152 anos da Batalha do Riachuelo - Jornal Brasil em Folhas
Temer participa de cerimônia em comemoração aos 152 anos da Batalha do Riachuelo


O presidente Michel Temer participou, na manhã de hoje (9), da cerimônia promovida pela Marinha no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília em comemoração aos 152 anos da Batalha Naval do Riachuelo.

Este ano, foram agraciadas 143 personalidades civis e militares. A homenagem, que via de regra é destinada a militares da Marinha, é também entregue, em caráter excepcional, a corporações e personalidades tanto civis quanto militares.

Entre os agraciados estão os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes; o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira; a advogada-geral da União, Grace Mendonça, e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.

Temer destacou o papel da Marinha, no sentido de “proteção das riquezas, dos meios de escoamento da produção nacional” e do litoral brasileiro, bem como para as comunidades isoladas, para quem representa “a imagem da esperança”, devido aos serviços que presta. No discurso lido pelo cerimonial, Temer destacou a Marinha como “fonte de inovação e empregos” e elogiou as operações feitas no Líbano e no Haiti.

Batalha do Riachuelo

Ocorrida em 11 de junho de 1865, a Batalha do Riachuelo foi decisiva para a vitória brasileira na Guerra do Paraguai. O confronto ocorreu nas margens do Rio Riachuelo, um afluente do Rio Paraguai localizada na província de Corrientes, na Argentina. Na época, o Paraguai tentava ter o controle da Bacia do Prata, com o objetivo de passar a ter acesso ao Oceano Atlântico.

Sob o comando do Almirante Barroso, a força naval brasileira estava nas proximidades da província. Ao avistar a esquadra paraguaia, formada por 14 embarcações, a esquadra de Barroso conseguiu afundar quatro delas, dando fim à batalha e consagrando a vitória brasileira.

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212