Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Exames não encontram Aedes aegypti em depósito de pneus no Rio Grande do Sul - Jornal Brasil em Folhas
Exames não encontram Aedes aegypti em depósito de pneus no Rio Grande do Sul


Os exames das larvas colhidas no depósito clandestino de pneus em Ernestina, município da região norte do Rio Grande do Sul, tiveram resultado negativo para Aedes aegypti. Das 300 amostras coletadas, no entanto, quatro deram positivo para a espécie Aedes albopictus, transmissora da febre chikungunya. As larvas foram colhidas em ação realizada durante a força-tarefa nacional do último sábado (13).

Mesmo que os exames não tenham identificado a presença do mosquito que também transmite a dengue e o vírus Zika, a prefeitura de Ernestina teme que a água acumulada nos mais de 30 mil pneus, nos carros sucateados e no lixo, espalhados a céu aberto, atraiam o inseto para a região. “Eu fiquei apavorado quando cheguei ao depósito. O risco de uma epidemia é muito grande”, afirmou o prefeito de Ernestina, Odir Boehm.

Hoje (15) de manhã, Boehm participou de uma reunião com representantes da Brigada Militar e com o Ministério Público (MP) em Passo Fundo. A comissão busca a parceria de uma empresa de São Paulo, Reciclanip, que manifestou interesse no material armazenado no depósito. Caso uma liminar na Justiça seja obtida nas próximas horas, a remoção poderá começar em até 72 horas.
reunião, prefeitura, Ernestina

O prefeito Odir Boehm (camisa azul), durante reunião com a Brigada Militar e o MP em Passo FundoDivulgação/Prefeitura de Ernestina

Segundo o prefeito, o proprietário do terreno tem licença para operar um ferro-velho, mas não paga impostos desde 2008. Em 2009, o MP ingressou com uma ação civil pública para que ele regularizasse a situação da área. Odir Boehm afirmou que tomou conhecimento do depósito irregular apenas em janeiro deste ano, por meio de uma rádio local: “Aproveitei esse esforço nacional contra o Aedes aegypti para convocar todas as autoridades e encontrar um desfecho o mais rápido possível para esse problema”.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212