Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Quatro ônibus são incendiados no Rio após ação da PM contra o tráfico de drogas - Jornal Brasil em Folhas
Quatro ônibus são incendiados no Rio após ação da PM contra o tráfico de drogas


A Federação de Transportes do Rio de Janeiro (Fetranspor) divulgou nota repudiando mais quatro ataques a ônibus urbanos na zona oeste, na madrugada deste sábado (17) e domingo (18), que elevaram para 107 o número de veículos incendiados de forma criminosa no estado do Rio de Janeiro desde janeiro. Ao todo, já foram registrados 64 casos, um aumento de 156% em relação ao mesmo período de 2016.

De acordo com a federação, este foi o sexto ataque a ônibus na zona oeste somente nesta semana, comprometendo o transporte na região. Os ataques aos coletivos foram uma represália de moradores da região após uma troca de tiros entre bandidos e a Polícia Militar (PM) que resultou na morte de três pessoas da comunide de Antares. Segundo a PM, as três vítimas teriam ligação com o tráfico de drogas.

Nesta madrugada de domingo (19), três ônibus da Auto Viação Palmares - dois da linha 840 (São Fernando X Campo Grande) e um da 849 (Base Aérea de Santa Cruz x Campo Grande) - e um veículo da Transportes Barra, linha 756 (Santa Cruz X Coelho Neto), foram incendiados na Avenida Antares, em Santa Cruz. Os veículos seguiam para seus respectivos pontos finais para entrar em operação.

De acordo com a Fetranspor, o prejuízo do setor ultrapassa R$ 47 milhões desde janeiro de 2016, recursos que poderiam ser investidos em melhorias no sistema. A entidade aponta que, como não há seguro para esse tipo de sinistro, as empresas absorvem todo o custo de reposição.

Diante dos graves efeitos do desequilíbrio econômico-financeiro das empresas do Rio com a não concessão do reajuste da tarifa, somada à crise financeira que reduz o número de passageiros e à recente escalada de ataques criminosos aos ônibus no Estado do Rio, não há viabilidade para a reposição dos veículos destruídos. Em seis meses, um ônibus transporta, em média, 70 mil passageiros, diz a nota.

Matéria alterada às 11h15 de 19/06/2017 para correção de informação. De acordo com a Fetranspor, foram quatro ônibus incendiados. O título também foi alterado.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212