Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Dilma se encontra com Lula em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Dilma se encontra com Lula em São Paulo


A presidenta da República Dilma Rousseff esteve em São Paulo na tarde de hoje (12), onde se encontrou com o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro ocorreu no Hotel Renassaince, na região da Avenida Paulista, a portas fechadas, e terminou por volta das 20h30. A reunião não estava prevista na agenda presidencial.

Os jornalistas não puderam entrar no lobby do hotel. Foram barrados por seguranças e tiveram que aguardar do lado de fora. Uma recepcionista disse aos profissionais da imprensa que o acesso foi negado porque havia muitos eventos no estabelecimento hoje.

Dilma desembarcou no Aeroporto de Congonhas por volta das 17h e sua chegada ao hotel não foi vista pelos jornalistas. A presidenta retorna hoje para Brasília. Amanhã (13), Dilma irá para o Rio de Janeiro para o Dia Nacional de Mobilização contra o Mosquito Aedes Aegypti. O mosquito é responsável pela transmissão dos vírus da zika, da dengue e da febre chikungunya.

Instituto Lula

Mais cedo, Lula participou de uma reunião do conselho do Instituto Lula, feita no Hotel Grand Mercure, na região do Parque Ibirapuera. A reunião estava agendada desde o final do ano passado. Participaram da reunião o ministro da Cultura Juca Ferreira, o presidente do PT Rui Falcão, o presidente do instituto, Paulo Okamotto, o diretor Celso Marcondes, os ex-ministros Paulo Vannuchi e Luiz Dulci, entre outros.

Segundo Okamotto, a reunião de hoje, que teve início por volta das 10h30, tratou unicamente sobre mudanças no Instituto Lula, que deve passar a olhar mais para questões nacionais e não internacionais, como vinha fazendo.

“O que aconteceu hoje é que a diretoria chamou uma reunião dos conselheiros do instituto para fazer um balanço sobre o trabalho do instituto nos últimos quatro anos e definir um plano estratégico para o próximo período no Brasil. Dentro da avaliação da diretoria do instituto e dos membros conselheiros, vimos a necessidade, por conta da conjuntura política e econômica, de focarmos nosso trabalho mais aqui no Brasil, discutindo alternativas para o país”, disse.

De acordo com Okamotto e outros conselheiros do instituto que falaram com a imprensa, em nenhum momento a reunião tratou sobre as investigações da Operação Lava Jato e sobre o depoimento que Lula dará ao juiz Sergio Moro, por videoconferência, como testemunha de defesa do pecuarista José Carlos Bumlai.

“O presidente inclusive, disse que as questões relativas a ele, ele mesmo enfrenta”, disse o ministro Juca Ferreira, negando que as investigações tenham sido objeto da reunião de hoje.

 

Últimas Notícias

Atingido por machadinha, aluno correu até hospital próximo à escola
Onze feridos continuam internados após atentado em escola de Suzano
Museu Nacional recebe bolsas de pesquisa do governo do Rio
IML de Suzano começa a receber corpos de vítimas de massacre
Governo pode adiar proposta de desvinculação do Orçamento, diz Guedes
Famílias de mortos em Suzano são atendidas em centro de acolhimento
DEM abre debate interno sobre participação no governo federal
Boeing suspende operações de aeronaves do modelo que caiu na Etiópia

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212