Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 ChemChina conclui compra da Syngenta por US$ 43 bilhões - Jornal Brasil em Folhas
ChemChina conclui compra da Syngenta por US$ 43 bilhões


A ChemChina concluiu a compra por 43 bilhões de dólares do grupo suíço Syngenta, anunciaram as duas empresas, na maior aquisição até o momento de uma companhia chinesa no exterior.

A operação unirá a Syngenta, líder mundial das sementes e produtos fitossanitários, utilizados para proteger as colheitas, com a ChemChina, proprietária da Adama, maior fornecedor de fitossanitários genéricos da Europa.

Todos os nossos acionistas estão se beneficiando com a mudança de propriedade. Os empregos foram protegidos e os agricultores continuarão com a possibilidade de escolher e beneficiar-se de nossos investimentos em tecnologia, afirmou na terça-feira Michel Demare, vice-presidente da Syngenta.

O presidente da ChemChina, Ren Jianxin, vai dirigir o conselho de administração da Syngenta e afirmou que a empresa chinesa apoiará seu crescimento, oferta de produtos e serviços.

A Syngenta prosseguirá como uma empresa independente e deve manter a atual diretoria.

A compra é parte de um movimento global de fusões no setor agroquímico que preocupa as organizações de proteção ao meio ambiente.

A ChemChina, também conhecida como China National Chemical Corp, fez uma oferte pela Syngenta em fevereiro de 2016, mas foi obrigada a esperar a aprovação das autoridades de concorrência, que a obrigaram, entre outras medidas, a vender parte do negócio de pesticidas da Adama.

Em abril, as autoridades europeia e dos Estados Unidos aprovaram a compra, apesar das dúvidas crescentes sobre as aquisições milionárias de empresas estrangeiras pela China.

Depois de estimular, as autoridades de Pequim estão tentando conter atualmente as compras no exterior de suas empresas pelo temor dos créditos duvidosos e da fuga de capitais.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212