Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Prefeitura e órgãos de segurança estudam meios para reduzir a criminalidade em Aparecida - Jornal Brasil em Folhas
Prefeitura e órgãos de segurança estudam meios para reduzir a criminalidade em Aparecida


O prefeito Maguito Vilela se reuniu na tarde desta quarta-feira, 17, com representantes da segurança pública para estudar formas de reduzir a criminalidade em Aparecida de Goiânia. Uma das ações imediatas a serem tomadas é o cumprimento do código de posturas do município que determina o horário de funcionamento dos bares, distribuidoras de bebidas e demais estabelecimentos comerciais que revendem bebidas alcoólicas.

“Muitas vezes a pessoa sai de casa para se divertir e acaba extrapolando e comete crimes contra a vida de outros. Por isso temos que trabalhar em conjunto com os órgãos de Segurança Pública para a prevenção do crime, elegendo ações prioritárias para que o criminoso se sinta coagido, pois a situação hoje é grave e temos que agir com rigor para conter o avanço da criminalidade no município”, pontuou o prefeito Maguito Vilela.

Hoje, no caso das distribuidoras de bebidas que em alguns casos têm se tornado pontos de tráfico de drogas, o código de posturas da cidade determina que o estabelecimento funcione até as 18 horas com possibilidade de liberação de licenças até meia-noite. A orientação então das autoridades é de fiscalizar principalmente aquelas que não possuem licença para funcionamento depois da meia noite e que não possuem nenhum alvará ou licença para estar com as portas abertas.

Para o promotor da 5ª Promotoria da Vara Criminal de Aparecida de Goiânia, Milton Marcolino, que foi quem provocou a reunião com a prefeitura e demais órgãos da segurança pública, para reduzir os números da criminalidade, a ação tem que ser mais enérgica com a criação de um Projeto de Lei para proibir o funcionamento de bares, restaurantes, distribuidoras de bebidas e demais locais após a meia-noite. “Os números da redução de criminalidade em cidades que tomaram essa decisão é bem alto, por isso é preciso haver essa união entre os órgãos públicos”.

O comandante do 2º Comando Regional de Polícia Militar de Aparecida de Goiânia, coronel Mauro Sales ressaltou durante a reunião que apenas o cumprimento do código de posturas já auxilia na prevenção dos crimes. “Hoje nós temos mapeados os pontos e o perfil dos registros de crimes em Aparecida e o tráfico de drogas é a maior causa de homicídios na cidade. E além dos estabelecimentos de revenda de bebidas, as feiras são pontos críticos para as ações da Polícia”, sublinhou o coronel.

Efetivo – Além do rigor na fiscalização das licenças e alvarás de funcionamento dos estabelecimentos de comercialização de bebidas, o prefeito Maguito Vilela disse que irá agendar uma reunião com o governador do Estado para solicitar um efetivo policial maior para Aparecida. “O município hoje tem uma população superior a de Anápolis e o efetivo policial é menor, o que deixa os moradores suscetíveis à ação de bandidos. E esperamos ser atendidos pelo governador”, ressaltou Maguito Vilela.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212