Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Pilotos aceitam proposta de empresas e não voltarão a fazer greve - Jornal Brasil em Folhas
Pilotos aceitam proposta de empresas e não voltarão a fazer greve


Pilotos e comissários aceitaram a proposta feita pelas empresas aéreas nas assembleias que ocorreram nesta quinta-feira (18) para tratar do aumento da categoria. Com isso, não voltarão a fazer greve nos aeroportos, como ocorreu no dia 3 de fevereiro.

O reajuste ficou em 11%, porém, parcelado. Serão 5,5% a partir de fevereiro e 5,5% a partir de maio.

O objetivo inicial dos trabalhadores era receber os 11% retroativos ao início de dezembro. A principal proposta anterior dos empregadores era oferecer o aumento em uma quantidade maior de parcelas, sendo 3% em fevereiro, 2% em junho e 6% em novembro.

O presidente do SNA (sindicato dos aeronautas), Adriano Castanho, diz ter considerado o resultado positivo, embora não contemple a proposta original. Segundo ele, a escolha da categoria de não fazer greve durante o período de Natal e Ano Novo de 2015 pode não ser mantida nas próximas negociações.

"Entendemos que eles também cederam. No ano passado, nós não fizemos o movimento de greve no Natal e no Ano Novo para não prejudicar a sociedade. Essa espera custou caro para a categoria porque nós perdemos no retroativo. Isso vai ser considerado nas próximas discussões dos próximos anos", afirma Castanho.

Os aeroviários, que são os funcionários que trabalham em terra, começarão suas assembleias nesta sexta-feira (19) para avaliar se também aceitarão o acordo. As assembleias serão itinerantes e ainda não têm prazo para terminar.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212