Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Guerra custa US$ 226 bilhões à economia síria, estima Banco Mundial - Jornal Brasil em Folhas
Guerra custa US$ 226 bilhões à economia síria, estima Banco Mundial


Os seis anos de conflito na Síria devastaram a infraestrutura e a economia daquele país. As perdas chegam a 226 bilhões de dólares, segundo estimativas do Banco Mundial (BM) divulgadas nesta segunda-feira (10).

A guerra deixou mais 320 mortos e mais da metade da população deslocada desde seu início, em março de 2011.

Mas o BM estima que a devastação vai além do saldo de mortos e dos danos à infraestrutura.

A guerra da Síria partiu em pedaços o tecido social e econômico do país, declarou o vice-presidente do BM para o Oriente Médio e a África do Norte, Hafez Ghanem.

O número de vítimas é devastador, mas a guerra destrói também as instituições e os sistemas necessários para o funcionamento da sociedade, e recuperá-los será um desafio muito maior que a reconstrução das infraestruturas em si, um desafio que não para de crescer à medida que a guerra segue, afirmou.

Segundo o relatório do BM, as perdas acumuladas do PIB desde 2011 são estimadas em 226 bilhões de dólares, cerca de quatro vezes o PIB da Síria em 2010.

A instituição ainda relata que o conflito danificou ou destruiu 27% do parque imobiliário e quase metade dos centros médicos e de educação.

Cerca de 538 mil vagas de emprego foram fechadas a cada ano entre 2010 e 2015. Além disso, três a cada quatro sírios em idade produtiva, em torno de 9 milhões de pessoas, não estão trabalhando, nem inscritos em escolas ou centros de formação.

As consequências a longo prazo dessa inatividade serão uma perda coletiva do capital humano, levando a uma escassez de competências na Síria, disse.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212