Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Peru apresenta imagem da Senhora de Cao, que governou há 1.700 anos - Jornal Brasil em Folhas
Peru apresenta imagem da Senhora de Cao, que governou há 1.700 anos


Autoridades peruanas apresentaram nesta terça-feira a imagem do rosto da mulher que governou o norte do país há 1.700 anos, a Senhora de Cao, reconstruída de forma digital, que é considerada uma das mulheres mais poderosas do Peru pré-hispânico.

Como foi a descoberta da Senhora de Cao, que revelou a liderança política e religiosa feminina nesta riquíssima cultura do norte do Peru, agora temos o privilégio de apresentar a combinação entre futuro e passado: a tecnologia nos permite ver o rosto de uma líder política, religiosa, cultural do passado, disse o ministro da Cultura, Salvador del Solar, ao inaugurar em Lima a exposição na qual é possível observar a imagem e uma réplica da múmia da Senhora de Cao.

A reconstrução do rosto foi coordenada por arqueólogos e especialistas, que trabalharam nos últimos 10 meses com imagens digitalizadas e em 3D a partir de mostras de rostos de moradores da localidade de Magdalena de Cao (norte), no vale de Chicama, área da cultura pré-hispânica Mochica.

A Senhora de Cao é reconhecida pelos arqueólogos como uma das primeiras governantes mulheres do antigo Peru, no século IV d.C.

A descoberta da múmia da Senhora de Cao, em 2006, foi coordenada pelo arqueólogo Régulo Franco e aconteceu na província de Ascope, 700 km ao norte de Lima.

A descoberta aconteceu na pirâmide Cao Velho, onde os especialistas encontraram uma mulher tatuada que depois foi chamada de Senhora de Cao ou Dama de Cao. A tumba está cercada por cetros de madeira forrados de cobre, utilizados nas cerimônias como símbolos de poder e hegemonia, além de placas de metal soltas que cobriam a mortalha de algodão natural. No local atualmente existe um museu, onde a múmia original está em exposição.

A descoberta foi considerada um marco, porque até então se acreditava que nenhuma mulher havia exercido qualquer autoridade no Peru pré-hispânico.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212