Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Festival de Inverno de Paranapiacaba é opção para passeio nas férias de julho - Jornal Brasil em Folhas
Festival de Inverno de Paranapiacaba é opção para passeio nas férias de julho


O 17º Festival de Inverno de Paranapiacaba, tradicional evento cultural e gastronômico da região metropolitana de São Paulo, ocorrerá nos dois últimos finais de semana do mês de julho (22, 23, 29 e 30), ainda no período de férias escolares. O evento é também uma oportunidade para os interessados em descobrir a história da região, que ainda é preservada em sua arquitetura.

No primeiro dia do evento (22), um show vai homenagear o cantor e compositor Belchior, que morreu em 30 de abril deste ano. A banda Freud à Deriva fará uma apresentação às 13h, no Antigo Mercado da vila, inspirado no disco Alucinação de Belchior, de 1976.

O público poderá visitar também, na Casa Fox, a Mostra de Arte Naif, com curadoria de Enzo Ferrara e obras de artistas de todo o Brasil. A Rua Fox vai ser tomada pelo ritmo do rockabilly, sub-gênero do rock surgido no início do anos 1950 e que tem um ritmo, uma moda e um estilo característico. No Brasil, influenciou cantores na década de 60, como Roberto Carlos e Wanderléia.

Além de música, o festival tem ainda programação para crianças, oficinas, teatro e feira de artesanato. A lista completa de atividades está neste site.

História

A Vila de Paranapiacaba, localizada no município de Santo André (SP) – no limite entre o planalto paulista e a serra do mar –, é um patrimônio arquitetônico originário da ocupação inglesa na região da serra para a construção da estrada de ferro Santos-Jundiaí, no final do século 19.

A vila, que inicialmente era um acampamento de operários, após a inauguração da ferrovia, em 1867, foi transformada na Estação Alto da Serra, para cuidar da manutenção do sistema. Devido à sua localização, último ponto antes da descida da serra, a Vila de Paranapiacaba começou a ganhar importância.

No ano de 1987, o patrimônio arquitetônico e natural de Paranapiacaba foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (órgão estadual) e, em 2002, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212