Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Banco Central lança quarto conjunto de moedas sobre Olimpíadas - Jornal Brasil em Folhas
Banco Central lança quarto conjunto de moedas sobre Olimpíadas


O Banco Central (BC) lançou hoje (19) o quarto conjunto de nove moedas comemorativas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, sendo uma de ouro, quatro de prata e outras quatro de circulação comum. Assim, o BC encerra a série especial dos jogos, que contém 36 moedas.

A moeda de ouro homenageia o Cristo Redentor e a Tocha Olímpica, que é o símbolo dos jogos. As moedas de prata são referentes ao Rio de Janeiro, trazendo paisagens conhecidas pelo carioca como a prática de esportes e aspectos culturais e da natureza da cidade.

Já as de circulação comum lembram dois dos esportes em que o Brasil conquistou mais medalhas nas Olimpíadas e nas Paralímpíadas, que são o boxe e a natação paralímpica, além de apresentarem os mascotes dos jogos, Vinícius, mascote olímpico, e Tom, representando os Jogos Paralímpicos.

O diretor de Relações Internacionais do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), João Sidney Figueiredo Filho, lembrou que, no mundo, existem milhares de colecionadores de moedas e que este é um nicho que o Brasil poderia aproveitar mais.

“A gente iniciou esse projeto [confecção de moedas comemorativas] ainda em 2010 visando resultados benéficos para o nosso país. Ao redor do mundo existem milhares, milhões de colecionadores de moedas de todos os tipos. É uma grande indústria que chega a render milhões. Por anos, estivemos parados nesse ramo, mas esperamos que, com o lançamento de todas que já colocamos à venda desde 2014, o Brasil se mostre um mercado forte nesse ramo”, disse.

Momento histórico

Já o diretor de Relações Institucionais do Banco Central, Edson Feltrin, se disse orgulhoso pelo banco participar diretamente de um momento histórico para o Brasil. “É uma grande honra e motivo de muito orgulho termos a nossa marca nesse momento. É uma pequena contribuição para o sucesso do evento. Com o lançamento deste quarto conjunto de moedas, esse se torna o maior programa numismático [termo que se refere ao colecionismo de moedas] já feito para as Olimpíadas”.

As moedas poderão ser adquiridas no site do Banco do Brasil por meio de boleto bancário, ou, no caso de correntistas do banco, via débito em conta. Elas também estarão disponíveis para venda em algumas agências do Banco do Brasil, onde o pagamento deve ser feito em dinheiro. Todas elas foram produzidas pela Casa da Moeda do Brasil.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212