Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Prefeitura de BH vai homologar uso de carro elétrico chinês para serviço de táxi - Jornal Brasil em Folhas
Prefeitura de BH vai homologar uso de carro elétrico chinês para serviço de táxi


A Empresa Municipal de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) apresentou hoje (13) um veículo 100% elétrico que será homologado como apto à prestação de serviço de táxi na capital mineira. O carro não emite carbono na atmosfera.

Vinculada à prefeitura de Belo Horizonte, a BHTrans informou que a novidade se soma aos veículos híbridos que já estão em operação e funcionam simultaneamente a partir de eletricidade e combustão. De acordo com a empresa municipal, a iniciativa está alinhada com o plano de mbilidade da capital mineira e contribui para a construção de uma cidade mais sustentável.
Carro elétrico chinês da marca BYD que foi apresentado pela prefeitura de Belo Horizonte para uso no serviço de táxi.

Carro elétrico chinês da marca BYD apresentado pela prefeitura de Belo Horizonte para uso no serviço de táxi.

O veículo, do modelo e6, é fabricado pela empresa chinesa BYD. Ele foi aprovado em testes realizados por técnicos da BHTrans, que avaliaram quesitos como conforto, segurança, velocidade entre outros.

O carro tem uma autonomia de 400 quilômetros por carga da bateria, que pode ser feita em casa ou em um eletroposto. O tempo médio para uma carga total é de duas horas em um eletroposto e de seis horas em casa, o que pode variar, dependendo da voltagem utilizada. A bateria do veículo tem vida útil de 40 anos e 60 kWh de capacidade.

O valor de mercado de um BYD e6 novo é de aproximadamente R$ 270 mil, mas a empresa promete oferecer desconto e linha de financiamento exclusiva para taxistas. Além disso, a fabricante afirma que o veículo proporciona uma economia financeira de até 85% no gasto operacional, quando se leva em consideração os custos com combustível dos carros convencionais.

O Sindicato Intermunicipal dos Taxistas e Transportadores Rodoviários Autônomos de Minas Gerais (Sincavir) já foi procurado pela BHTrans para a realização de testes operacionais com os carros elétricos. A ideia é que os taxistas possam avaliar, no dia a dia, os benefícios da nova tecnologia.

Em 2015, duas linhas de ônibus de Belo Horizonte fizeram testes com veículos elétricos. A medida ocorreu em caráter experimental e não há ainda nenhuma previsão de incorporação da tecnologia à frota de transporte coletivo da capital mineira. Os ônibus elétricos testados, também da fabricante chinesa BYD, são de um modelo que já circulam em Londres, na Inglaterra, e que iniciará, em breve, operações em Washington, nos Estados Unidos.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212