Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Espaço para mulheres complexas na TV afasta estereótipo de “namorada” e “mãe” - Jornal Brasil em Folhas
Espaço para mulheres complexas na TV afasta estereótipo de “namorada” e “mãe”


LOS ANGELES (Reuters) - Esqueça interpretações da “namorada” ou da “mãe”. A TV está proporcionando um emaranhado de riquezas para mulheres graças a personagens originais e complexos e roteiros centrados nas mulheres, que estão atraindo estrelas do cinema do calibre do Oscar para a pequena tela.

No passado considerados menores que os filmes de Hollywood, atrizes classe A como Nicole Kidman, Reese Whiterspoon e Susan Sarandon estão convergindo para seriados de TV, e disputando o prêmio Emmy deste ano.

E há mais por vir. As vencedoras do Oscar Julia Roberts e Penélope Cruz têm suas primeiras grandes séries de TV programadas para o próximo ano, enquanto Amy Adams, indicada cinco vezes ao Oscar, deve voltar às telinhas pela primeira vez desde 2005 como estrela de “Sharp Objects”, da HBO.

“Não há mais estigma atrelado à fazer TV, dadas as oportunidades e os roteiristas que estão trabalhando na televisão”, disse Debra Birnbaum, editora-executiva de TV na Variety.

“Há grandes narrativas com personagens ricos, de diversas camadas, dimensionais e mulheres reais”, disse.

Enquanto mulheres há tempos reclamam da escassez de bons papeis femininos nos filmes de Hollywood, as indicadas deste ano no Emmy mostram um quem é quem da atuação.

“Feud: Bette and Joan”, estrelando Jessica Lange e Susan Sarandon como as rivais de Hollywood Joan Crawford e Bette Davis, é visto por críticos de prêmios em uma corrida acirrada na categoria de minissérie no Emmy com “Big Little Lies”, um mistério de assassinato em meio a um cenário de abuso contra a mulher, adultério, estupro e rivalidade feminina.

“Este foi um ótimo ano para histórias de mulheres na TV e estamos seguindo e testemunhando eleitores do Emmy reconhecendo tantos trabalhos bons”, disse Ryan Murphy, criador de “Feud”, após a série receber 18 indicações ao Emmy nesta quinta-feira.

 

Últimas Notícias

Veja como é a vida do rei Marcio em seu castelo de areia no Rio
Três anúncios para um crime é favorito no SAG, termômetro do Oscar
Shakira é acusada de sonegação fiscal
Exploradores descobrem a maior caverna inundada do mundo no Caribe mexicano
Veja a trajetória de Lula em dez datas
Turquia lança operação contra milícia curda na Síria, bombardeios matam dez
Tribunal iraquiano condena alemã à morte por pertencer ao EI
SPD alemão aprova princípio de coalizão com Merkel

MAIS NOTICIAS

 

Tantas pontuações já não significam nada, afirma premiado chef francês
 
 
Leonardo DiCaprio protagonizará filme de Tarantino sobre Charles Manson
 
 
DiCaprio vai estrelar filme de Tarantino sobre assassinatos de Charles Manson
 
 
Palestinos buscam dar uma resposta a Trump sobre Jerusalém
 
 
Países e organizações indignados com Trump por declarações racistas
 
 
Oliver Stone assina petição para que Lula possa disputar eleição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212