Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cortes marciais venezuelanas julgarão crimes contra Constituinte - Jornal Brasil em Folhas
Cortes marciais venezuelanas julgarão crimes contra Constituinte


O vice-presidente da Venezuela, Tareck El Aissami, advertiu nesta quinta-feira que quem tentar boicotar as eleições à Assembleia Constituinte no próximo 30 de julho será julgado pelos tribunais militares e pegará até 10 anos de prisão.

Os centros de votação serão decretados zonas de segurança, e qualquer crime cometido no perímetro será julgado pela justiça militar e com prisão daqueles que pretendam boicotar o processo eleitoral, disse El Aissami, durante um ato com candidatos à Constituinte.

Somos obrigados a garantir a paz, a direita ameaçou fechar alguns centros (de votação), afirmou.

El Aissami alertou que quem cometer um crime dentro de uma zona de segurança (cujo perímetro foi ampliado de 200 a 500 metros) receberá uma pena de prisão de entre cinco e dez anos.

A Venezuela vive há quase três meses e meio uma onda de protestos contra o presidente Nicolás Maduro que já deixou 95 mortos, em meio a uma severa crise econômica, que se traduz pela falta de alimentos e medicamentos e por uma inflação que deve atingir os 720% em 2017, segundo o FMI.

A oposição convocou para o próximo domingo um plebiscito com o qual espera demonstrar uma ampla rejeição à Constituinte, que o governo promove como um suprapoder com faculdades para dissolver, inclusive, o Parlamento, controlado pela oposição.

O governo afirma que o plebiscito não terá qualquer caráter legal, enquanto a oposição o qualifica de exercício de desobediência civil.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212