Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Bolsa lunar de Neil Armstrong será leiloada por até US$ 4 milhões - Jornal Brasil em Folhas
Bolsa lunar de Neil Armstrong será leiloada por até US$ 4 milhões


Depois de quase ter sido jogada no lixo, a sacola que Neil Armstrong usou para coletar as primeiras amostras do terreno lunar será posta à venda na semana que vem, avaliada entre 2 milhões e 4 milhões de dólares.

Traços de poeira lunar e pequenas pedras ficaram grudadas na bolsa, o único artefato da missão Apolo 11 que é uma propriedade particular, informou a Sothebys.

O leilão acontece em 20 de julho, 48º aniversário do primeiro pouso na lua em 1969.

Isso é muito raro, disse Cassandra Hatton, vice-presidente e especialista sênior encarregada da venda. Algo usado pelo primeiro homem, na primeira missão para coletar as primeiras amostras. É notável.

Armstrong coletou pó e fragmentos de rochas de cinco lugares diferentes da superfície lunar. Dada sua natureza ainda desconhecida, a bolsa de descontaminação foi usada para minimizar qualquer risco potencial que as amostras pudessem trazer ao astronauta.

Assim que o Apolo 11 voltou à Terra, quase todo o equipamento da missão foi enviado ao museu Smithsonian, em Washington, mas um erro de inventário deixou a sacola de fora. Ela ficou abandonada numa caixa no Centro Espacial Johnson.

A caixa seria jogada no lixo, mas foi oferecida a um colecionador dono de um museu espacial no Kansas, que guardou-a sem saber de sua origem.

Quando o colecionador foi condenado por roubo, fraude e lavagem de dinheiro, o FBI leiloou a caixa e outros pertences, em busca de restituição financeira.

Ela foi a leilão quatro vezes até ser vendida a uma advogada de Illinois, em 2015, por 995 dólares.

Quando percebeu os resquícios na sacola, ela enviou a bolsa para ser testada na Nasa, que confirmou em 2016 se tratar de poeira lunar no local de pouso do Apolo 11.

Uma batalha legal acerca da propriedade do objeto se seguiu, e um juiz federal obrigou a Nasa a devolver a bolsa à advogada - que agora vai leiloá-la.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212