Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Bolsa lunar de Neil Armstrong será leiloada por até US$ 4 milhões - Jornal Brasil em Folhas
Bolsa lunar de Neil Armstrong será leiloada por até US$ 4 milhões


Depois de quase ter sido jogada no lixo, a sacola que Neil Armstrong usou para coletar as primeiras amostras do terreno lunar será posta à venda na semana que vem, avaliada entre 2 milhões e 4 milhões de dólares.

Traços de poeira lunar e pequenas pedras ficaram grudadas na bolsa, o único artefato da missão Apolo 11 que é uma propriedade particular, informou a Sothebys.

O leilão acontece em 20 de julho, 48º aniversário do primeiro pouso na lua em 1969.

Isso é muito raro, disse Cassandra Hatton, vice-presidente e especialista sênior encarregada da venda. Algo usado pelo primeiro homem, na primeira missão para coletar as primeiras amostras. É notável.

Armstrong coletou pó e fragmentos de rochas de cinco lugares diferentes da superfície lunar. Dada sua natureza ainda desconhecida, a bolsa de descontaminação foi usada para minimizar qualquer risco potencial que as amostras pudessem trazer ao astronauta.

Assim que o Apolo 11 voltou à Terra, quase todo o equipamento da missão foi enviado ao museu Smithsonian, em Washington, mas um erro de inventário deixou a sacola de fora. Ela ficou abandonada numa caixa no Centro Espacial Johnson.

A caixa seria jogada no lixo, mas foi oferecida a um colecionador dono de um museu espacial no Kansas, que guardou-a sem saber de sua origem.

Quando o colecionador foi condenado por roubo, fraude e lavagem de dinheiro, o FBI leiloou a caixa e outros pertences, em busca de restituição financeira.

Ela foi a leilão quatro vezes até ser vendida a uma advogada de Illinois, em 2015, por 995 dólares.

Quando percebeu os resquícios na sacola, ela enviou a bolsa para ser testada na Nasa, que confirmou em 2016 se tratar de poeira lunar no local de pouso do Apolo 11.

Uma batalha legal acerca da propriedade do objeto se seguiu, e um juiz federal obrigou a Nasa a devolver a bolsa à advogada - que agora vai leiloá-la.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212