Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA começam a retirar movéis de casa diplomática em Moscou - Jornal Brasil em Folhas
EUA começam a retirar movéis de casa diplomática em Moscou


Os Estados Unidos começam hoje (1º) a retirada de móveis e equipamentos de um prédio diplomático da capital russa, Moscou. A ação é a primeira que o país cumpre de acordo com a determinação do Kremlin de que Washington deve reduzir de 1.200 para 755 o seu corpo diplomático no país. A ordem foi dada pelo presidente da Rússsia, Vladmir Putin, como uma reação às sanções aprovadas contra a Rússia pelo Congresso norte-americano.

A Casa Branca por sua vez, confirmou que o presidente Donald Trump vai assinar o projeto de lei com as sanções aprovadas pelo Congresso em reação à suposta interferência da Rússia na eleição presidencial no ano passado e para punir Moscou pela anexação da Crimeia (antes território ucraniano) em 2014.

As sanções aprovadas atingem indústrias russas e podem prejudicar a economia do país.

A retirada de móveis começou em um depósito que era usado como armazém e em uma casa no Sul de Moscou, conhecida como Dacha Casa de Campo, lugar que era usado nos finais de semana pelos funcionários americanos para realizar festas.

O governo russo havia dado um prazo para entrega da casa de campo. O ordem foi dada pelo vice-ministro das relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, que deu até o meio-dia de hoje para a entrega do depósito e da Dacha.

A redução de funcionários diplomáticos imposta por Putin abrange 60% dos funcionários das embaixadas e consulados americanos na Russia. O Kremlin disse que os cortes serão feitos à critério de Washington.

Analistas veêm a medida de Putin como um recado para os Estados Unidos, em uma manobra para demostrar força aos seus eleitores.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212