Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA começam a retirar movéis de casa diplomática em Moscou - Jornal Brasil em Folhas
EUA começam a retirar movéis de casa diplomática em Moscou


Os Estados Unidos começam hoje (1º) a retirada de móveis e equipamentos de um prédio diplomático da capital russa, Moscou. A ação é a primeira que o país cumpre de acordo com a determinação do Kremlin de que Washington deve reduzir de 1.200 para 755 o seu corpo diplomático no país. A ordem foi dada pelo presidente da Rússsia, Vladmir Putin, como uma reação às sanções aprovadas contra a Rússia pelo Congresso norte-americano.

A Casa Branca por sua vez, confirmou que o presidente Donald Trump vai assinar o projeto de lei com as sanções aprovadas pelo Congresso em reação à suposta interferência da Rússia na eleição presidencial no ano passado e para punir Moscou pela anexação da Crimeia (antes território ucraniano) em 2014.

As sanções aprovadas atingem indústrias russas e podem prejudicar a economia do país.

A retirada de móveis começou em um depósito que era usado como armazém e em uma casa no Sul de Moscou, conhecida como Dacha Casa de Campo, lugar que era usado nos finais de semana pelos funcionários americanos para realizar festas.

O governo russo havia dado um prazo para entrega da casa de campo. O ordem foi dada pelo vice-ministro das relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, que deu até o meio-dia de hoje para a entrega do depósito e da Dacha.

A redução de funcionários diplomáticos imposta por Putin abrange 60% dos funcionários das embaixadas e consulados americanos na Russia. O Kremlin disse que os cortes serão feitos à critério de Washington.

Analistas veêm a medida de Putin como um recado para os Estados Unidos, em uma manobra para demostrar força aos seus eleitores.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212