Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Israel retira medidas de segurança para acesso à Esplanada das Mesquitas - Jornal Brasil em Folhas
Israel retira medidas de segurança para acesso à Esplanada das Mesquitas


Israel retirou hoje (27) todas as medidas de segurança das imediações da Esplanada das Mesquitas, causa da violência nas últimas duas semanas. Os palestinos que estão nas cercanias celebraram com sinais de alegria, informou rádio israelense Kan.

As cercas de metal e estruturas para câmaras foram desmontadas, assim como os detectores de metal acabaram sendo retirados. As peças faziam parte da lista de exigências feitas à polícia israelense pelas autoridades muçulmanas que administram o local, disse o jornal The Times of Israel.

O Grande Mufti de Jerusalém, Mohamed Ahmed Hussein, disse que voltará a rezar dentro de Aqsa, somente depois que a custódia da Jordânia do local confirme a retirada das medidas de segurança israelenses.

Em resposta ao ataque do último dia 14, onde três árabes israelenses saíram do complexo de Aqsa armados e mataram dois policiais drusos israelenses em uma das entradas para a Cidade Velha de Jerusalém Oriental, Israel instalou medidas de segurança nos acessos à esplanada.

Essas medidas, consideradas pelos muçulmanos como uma violação do status quo do seu terceiro lugar mais sagrado (após Meca e Medina), provocaram protestos e confrontos em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia, onde morreram quatro adolescentes palestinos. Além disso, um palestino matou três membros de uma família de colonizadores, na Cisjordânia.

O disputado recinto, chamado pelos muçulmanos de Haram esh-Sharif e pelo judeu Monte do Templo, é o local mais sagrado do judaísmo. No entanto, os judeus não podem rezar em seu interior, mas no Muro das Lamentações.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212