Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Roubos a comércios caem 52,08% em Goiânia - Jornal Brasil em Folhas
Roubos a comércios caem 52,08% em Goiânia


Em Goiânia, houve redução em dez modalidades criminais das doze pesquisadas no mês de julho. Estupro (-46,67%), tentativa de homicídio (-8,7%), roubo a transeunte (-39,9%), roubo de veículo (-44,43%), roubo em comércio (-52,08%), roubo em residência (-28,45%). Completam a lista dos crimes que tiveram redução no mês passado: furto de veículo (-33%), furto em comércio (-39,1%), furto em residência (-30,43%) e furto a transeunte (-46,36%). Os latrocínios mantiveram-se estáveis, enquanto, os homicídios cresceram 28,57%.

No acumulado de janeiro a julho, Goiânia manteve uma forte redução nos índices das doze categorias informadas. Os homicídios estão -19,93% abaixo dos praticados no mesmo período de 2016. Os estupros cederam em -48,6%, as tentativas de homicídios caíram -37,58% e os latrocínios recuaram -29,17%.

Os roubos a transeuntes, em Goiânia, estão -33,61% menor do que o ano passado. Os demais tipos de roubos também estão em declínio: roubo de veículo (-43,66%), roubo em comércio (-47,29%) e roubo em residência (-32,15%). Os furtos, na capital, registraram as seguintes reduções: de veículo (-35,16%), em comércio (-36,01%), em residência (-15,14%) e a transeunte (-34,6%).

Homicídios recuam 45,45% em Aparecida de Goiânia
No mês passado, os homicídios apresentaram queda de 45,45% em Aparecida de Goiânia, o município goiano mais populoso depois da capital. Também houve retrocesso nos estupros (-60%), nas tentativas de homicídios (-23,08%). O crime de latrocínio não registrou nenhum caso.

O relatório da SSPAP aponta que houve redução de -31,13% nos roubos a transeuntes, de -27,01% nos roubos de veículos e de -42,86% nos roubos em comércio. Houve queda, ainda, nos furtos em comércio, que despencaram -64,29%, e furtos em residências que baixaram -40,3%. Por outro lado, os roubos em residências mostraram aumento de 17,14% no município, e os furtos de veículos e a transeuntes evoluíram, respectivamente, em 7,35% e 4,35%. No ano, o município teve redução em 10 das doze modalidades analisadas.

 

Últimas Notícias

Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212