Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Roubos a comércios caem 52,08% em Goiânia - Jornal Brasil em Folhas
Roubos a comércios caem 52,08% em Goiânia


Em Goiânia, houve redução em dez modalidades criminais das doze pesquisadas no mês de julho. Estupro (-46,67%), tentativa de homicídio (-8,7%), roubo a transeunte (-39,9%), roubo de veículo (-44,43%), roubo em comércio (-52,08%), roubo em residência (-28,45%). Completam a lista dos crimes que tiveram redução no mês passado: furto de veículo (-33%), furto em comércio (-39,1%), furto em residência (-30,43%) e furto a transeunte (-46,36%). Os latrocínios mantiveram-se estáveis, enquanto, os homicídios cresceram 28,57%.

No acumulado de janeiro a julho, Goiânia manteve uma forte redução nos índices das doze categorias informadas. Os homicídios estão -19,93% abaixo dos praticados no mesmo período de 2016. Os estupros cederam em -48,6%, as tentativas de homicídios caíram -37,58% e os latrocínios recuaram -29,17%.

Os roubos a transeuntes, em Goiânia, estão -33,61% menor do que o ano passado. Os demais tipos de roubos também estão em declínio: roubo de veículo (-43,66%), roubo em comércio (-47,29%) e roubo em residência (-32,15%). Os furtos, na capital, registraram as seguintes reduções: de veículo (-35,16%), em comércio (-36,01%), em residência (-15,14%) e a transeunte (-34,6%).

Homicídios recuam 45,45% em Aparecida de Goiânia
No mês passado, os homicídios apresentaram queda de 45,45% em Aparecida de Goiânia, o município goiano mais populoso depois da capital. Também houve retrocesso nos estupros (-60%), nas tentativas de homicídios (-23,08%). O crime de latrocínio não registrou nenhum caso.

O relatório da SSPAP aponta que houve redução de -31,13% nos roubos a transeuntes, de -27,01% nos roubos de veículos e de -42,86% nos roubos em comércio. Houve queda, ainda, nos furtos em comércio, que despencaram -64,29%, e furtos em residências que baixaram -40,3%. Por outro lado, os roubos em residências mostraram aumento de 17,14% no município, e os furtos de veículos e a transeuntes evoluíram, respectivamente, em 7,35% e 4,35%. No ano, o município teve redução em 10 das doze modalidades analisadas.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212