Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Vice do Equador se agarra a cargo após ser despojado de funções - Jornal Brasil em Folhas
Vice do Equador se agarra a cargo após ser despojado de funções


O vice-presidente do Equador, Jorge Glas, despojado de suas funções após criticar o presidente Lenín Moreno, assegurou nesta quinta-feira que continuará no cargo até terminar o mandato, apesar de denunciar uma retaliação política.

Sou vice-presidente eleito, constitucional da República e terminarei o meu mandato. Com ou sem funções, continuarei trabalhando, assegurou em breve declaração à imprensa.

Glas, vice-presidente desde 2013, precipitou na quarta-feira a primeira crise no recém-instalado governo de Lenín Moreno, ao publicar uma dura carta com uma longa lista de reprovações contra o presidente, que respondeu nesta quinta-feira afastando-o das funções que lhe havia atribuído.

É uma clara retaliação política por agir conforme o que a minha consciência diz. Desde ontem me sinto livre porque tive que presenciar por dois meses como começa desmontar a nossa revolução, declarou.

No poder desde 24 de maio, Moreno afastou Glas de suas funções à frente da milionária reconstrução das zonas arrasadas pelo terremoto de abril de 2016, que deixou mais de 600 mortos. Também lhe retirou suas responsabilidades nos setores produtivo e tributário.

Glas, acusado pela oposição de estar envolvido em vários casos de corrupção, denunciou que a medida de Moreno obedece a pedidos da oposição e das grandes empresas, com as quais, segundo o presidente, ele teria se aliado.

Ao ser eleito por voto popular, o vice-presidente não pode ser destituído pelo presidente. A única via para suspendê-lo do cargo é por meio de um julgamento político da Assembleia, de maioria governista, que rechaçou a possibilidade há duas semanas.

Ao final de seu comparecimento, o vice-presidente mostrou uma cópia plastificada do decreto de Moreno e assegurou que o pendurará na parede de sua casa. Horas antes, assegurou que não pretende conspirar contra Moreno ou gerar instabilidade política.

Desta forma, Glas se alinhou com o ex-presidente Rafael Correa na disputa que divide o governo.

Moreno e Glas foram eleitos para um período de quatro anos com a promessa de continuar com as políticas de esquerda que traçou Correa, radicado temporariamente na Bélgica.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212