Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


11 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Concluída no Malawi realocação histórica de 520 elefantes - Jornal Brasil em Folhas
Concluída no Malawi realocação histórica de 520 elefantes


Um total de 520 elefantes foi realocada para uma reserva no Malawi, em uma das maiores operações deste tipo já realizadas, anunciou nesta quinta-feira a organização responsável pelo projeto.

Os paquidermes foram levados de dois parques superpovoados do sul do Malawi até a reserva de Nkhotakota (centro), a cerca de 350 km de distância.

No Malawi, os elefantes foram quase dizimados pela caça ilegal.

Para esta delicada operação, um veterinário lançou dardos tranquilizantes a partir de um helicóptero para sedar os animais. Um guindaste os levantou então pelas patas, e eles foram transportados durante a noite em caminhões de 30 toneladas.

A ONG African Parks, que administra 90% dos parques do Malawi, qualificou esta operação de dois anos de duração de histórica.

Durante o deslocamento, dois dos elefantes morreram.

Tomamos medidas extraordinárias para garantir um futuro para os elefantes do Malawi, declarou Brighton Kumchedwa, do departamento de Parques Nacionais, que pertence ao Ministério de Recursos Naturais.

É um momento importante para a conservação no Malawi, assim como para uma das espécies mais ameaçadas do planeta, afirmou.

Devido à caça furtiva, a população de elefantes em Nkhotakota caiu de 1.500 na década de 1970 para apenas uma centena em 2015.

Antes de trasladar os paquidermes a esta reserva, foram tomadas medidas para protegê-los, como a construção de uma cerca elétrica de grande altura.

A realocação realizada é um momento-chave para o Malawi, considerou Peter Fearnhead, chefe-executivo da African Parks.

Instalar mais de 500 elefantes e saber que eles vão evoluir em Nkhotakota é uma fonte de esperança, acrescentou.

A cada ano, 40.000 elefantes são caçados de forma ilegal para a exploração do marfim de suas presas.

 

Últimas Notícias

Jornalista e radialista Laerte Junior morre aos 52 anos
Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018
Intenção de investimentos da indústria cresce 4,4 pontos
Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
Anatel apreende mais de 126 mil produtos não certificados

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212