Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Macri: Venezuela tem que ser suspensa definitivamente do Mercosul - Jornal Brasil em Folhas
Macri: Venezuela tem que ser suspensa definitivamente do Mercosul


O presidente de Argentina, Mauricio Macri, considerou nesta quinta-feira que a Venezuela, imersa em uma séria crise política, econômica e social, tem que ser suspensa definitivamente do bloco Mercosul pelas denúncias de violações de direitos humanos.

A Venezuela tem que ser suspensa definitivamente do Mercosul, disse Macri em declaração à rádio Brisas da cidade de Mar del Plata, a 400 km da capital.

Os chanceleres do Mercosul se reunirão em São Paulo ou em Brasília no sábado para decidir sobre a suspensão política da Venezuela do bloco pela ruptura da ordem democrática no país, anunciou nesta quarta-feira o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga.

Segundo o presidente argentino é inaceitável o que está acontecendo neste país. Se está chegando a um consenso em toda América Latina e no mundo em geral para condenar o governo venezuelano, apontou.

Macri disse que sob a presidência de Nicolás Maduro na Venezuela, os direitos humanos são violados sistematicamente.

Os venezuelanos estão muito mal. A vida dos cidadãos perdeu valor, acrescentou o presidente argentino, referindo-se à onda de protestos contra o governo de Maduro desde abril passado e que deixou 125 mortos.

Macri também expressou seu apoio a um pedido formulado na quarta-feira pelo presidente do bloco governista na Câmara dos Deputados, Mario Negri, para que seja retirada a Ordem do Libertador San Martín concedida ao presidente venezuelano Maduro pela ex-presidente Cristina de Kirchner (2007-2015).

O governo da Venezuela se prepara para instalar na sexta-feira a Assembleia Constituinte impulsionada por Maduro, fortemente questionada pela comunidade internacional e cuja eleição é investigada por fraude.

A instalação acontecerá em meio a protestos convocados pela oposição e pelo escândalo após a denúncia da Smartmatic - empresa que deu suporte tecnológico às eleições para a Constituinte - de que houve manipulação dos dados de participação apresentados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE).

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212