Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Bank of England diminui previsão de crescimento para Reino Unido - Jornal Brasil em Folhas
Bank of England diminui previsão de crescimento para Reino Unido


O Bank of England (BoE, o Banco Central britânico) reduziu sua previsão de crescimento para o Reino Unido nesta quinta-feira, e o presidente Mark Carney apontou que a alta da inflação, turbinada pela libra mais fraca por causa do Brexit, prejudicou o gasto dos consumidores.

Numa reunião de política monetária nesta semana, o BoE manteve sua taxa de juros no nível mais baixo, 0,25%. Esse alerta deixou a libra em queda diante do euro, enquanto os tomadores de decisões parecem se afastar do aumento de gastos com empréstimos em breve.

A libra esterlina tem lutado para se recuperar desde que seu valor colapsou, após os britânicos votarem pela saída do país da União Europeia em junho de 2016.

Carney disse nesta quinta que, embora os consumidores em geral tenham ignorado as advertências - inclusive do BoE - de que o Brexit poderia prejudicar a economia do Reino Unido, esse sentimento não pode mais ser ignorado.

As famílias ignoraram as incertezas relacionados ao Brexit a princípio, mas, mais recentemente - como as consequências da queda da libra começaram a aparecer nas compras e a espremer suas receitas - eles cortaram os gastos, desacelerando a economia, afirmou numa coletiva de imprensa.

Os negócios têm ficado no meio do caminho, mas desde o referendo investiram muito menos agressivamente que de costume, completou Carney.

O BoE reduziu sua expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2017 a 1,7%, de uma previsão de 1,9% feita há três meses, segundo o relatório que acompanha a atualização da política monetária.

A instituição também espera que o PIB expanda apenas 1,6% em 2018 - pouco menos que os 1,7% previstos antes.

O banco central britânico espera que o PIB se mantenha lento no médio-prazo, enquanto a redução das receitas das famílias continua a influenciar seu consumo.

 

Últimas Notícias

Fuzil defeituoso explode e fere policial no Rio
Defensoria do Rio ajuda vítimas de desabamento a recuperar documentos
Polícia faz operação contra milícia no Rio de Janeiro
Famílias desalojadas em Niterói receberão novas moradias
MP denuncia cinco por venda irregular de lotes públicos no Tocantins
Sindicalistas defendem manutenção do sistema público de Previdência
Candidatas tiveram menos recursos de campanha, diz ONG
Facebook sai do ar por cerca de 30 minutos; rede social já voltou

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212