Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Franklin se degrada a tempestade tropical perto da capital mexicana - Jornal Brasil em Folhas
Franklin se degrada a tempestade tropical perto da capital mexicana


Franklin se degradou para tempestade tropical, nesta quinta-feira (10), depois de atingir o estado de Veracruz, no leste do México, como furacão de categoria 1, e se mantinha a menos de 100 km da capital mexicana, sem provocar danos graves.

Após ganhar força em sua passagem pelo Golfo do México, Franklin tocou terra na madrugada de quinta-feira como furacão perto da localidade de Lechuguillas, a cerca de 120 km do importante porto de Veracruz, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), com sede em Miami.

Cerca de seis horas depois, já debilitado, se localizava como tempestade tropical 95 km ao leste-nordeste da Cidade do México e se deslocava com ventos sustentados de 65km/h em direção ao sudoeste, de acordo com o boletim das 12H00 GMT (09H00 em Brasília) do NHC.

Até agora não foi registrado nenhum dano grave de infraestrutura, disse à rede Televisa Luis Felipe Puente, coordenador nacional de Proteção Civil.

Espera-se um enfraquecimento adicional à medida que Franklin se mova sobre o México, e é provável que o ciclone se dissipe nas próximas horas, acrescentou o NHC.

No entanto, concluiu o NHC, ainda se esperam forte chuvas no norte de Veracruz, Puebla, Tlaxcala, Guanajuato, Hidalgo e Querétaro, capazes de provocar inundações repentinas e deslizamentos que ameaçam a vida.

Em Puebla, as autoridades estaduais declararam alerta vermelho e prepararam abrigos para a população.

As zonas de maior risco são Teziutlán, Huachinango, Zacapoaxtla, Guadalupe Victoria e Coxcatlán. Nesses lugares, conta-se com um total de 572 abrigos temporários com capacidade para mais de 96 mil pessoas, disse o titular da Secretaria Geral de Governo de Puebla, Diódoro Carrasco.

Em Hidalgo, foram habilitados 400 abrigos, e as aulas dos níveis médio e superior foram suspensas.

Franklin ingressou na terça-feira (8) nas águas do Golfo do México ainda como tormenta tropical, após atravessar a península de Yucatán na véspera. A região foi atingida por fortes chuvas, mas não há registro de danos graves, nem de vítimas.

Por sua localização geográfica e ampla costa, tanto no Pacífico quanto no Atlântico, o México é um dos países mais vulneráveis à passagem dos furacões, com pelo menos dez por ano.

Em setembro de 2013, o impacto quase simultâneo dos furacões Ingrid e Manuel deixou 157 mortos em Guerrero (sul). Desse total, quase 50 pessoas foram vítimas de um deslizamento na localidade de La Pintada.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212