Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Franklin se degrada a tempestade tropical perto da capital mexicana - Jornal Brasil em Folhas
Franklin se degrada a tempestade tropical perto da capital mexicana


Franklin se degradou para tempestade tropical, nesta quinta-feira (10), depois de atingir o estado de Veracruz, no leste do México, como furacão de categoria 1, e se mantinha a menos de 100 km da capital mexicana, sem provocar danos graves.

Após ganhar força em sua passagem pelo Golfo do México, Franklin tocou terra na madrugada de quinta-feira como furacão perto da localidade de Lechuguillas, a cerca de 120 km do importante porto de Veracruz, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), com sede em Miami.

Cerca de seis horas depois, já debilitado, se localizava como tempestade tropical 95 km ao leste-nordeste da Cidade do México e se deslocava com ventos sustentados de 65km/h em direção ao sudoeste, de acordo com o boletim das 12H00 GMT (09H00 em Brasília) do NHC.

Até agora não foi registrado nenhum dano grave de infraestrutura, disse à rede Televisa Luis Felipe Puente, coordenador nacional de Proteção Civil.

Espera-se um enfraquecimento adicional à medida que Franklin se mova sobre o México, e é provável que o ciclone se dissipe nas próximas horas, acrescentou o NHC.

No entanto, concluiu o NHC, ainda se esperam forte chuvas no norte de Veracruz, Puebla, Tlaxcala, Guanajuato, Hidalgo e Querétaro, capazes de provocar inundações repentinas e deslizamentos que ameaçam a vida.

Em Puebla, as autoridades estaduais declararam alerta vermelho e prepararam abrigos para a população.

As zonas de maior risco são Teziutlán, Huachinango, Zacapoaxtla, Guadalupe Victoria e Coxcatlán. Nesses lugares, conta-se com um total de 572 abrigos temporários com capacidade para mais de 96 mil pessoas, disse o titular da Secretaria Geral de Governo de Puebla, Diódoro Carrasco.

Em Hidalgo, foram habilitados 400 abrigos, e as aulas dos níveis médio e superior foram suspensas.

Franklin ingressou na terça-feira (8) nas águas do Golfo do México ainda como tormenta tropical, após atravessar a península de Yucatán na véspera. A região foi atingida por fortes chuvas, mas não há registro de danos graves, nem de vítimas.

Por sua localização geográfica e ampla costa, tanto no Pacífico quanto no Atlântico, o México é um dos países mais vulneráveis à passagem dos furacões, com pelo menos dez por ano.

Em setembro de 2013, o impacto quase simultâneo dos furacões Ingrid e Manuel deixou 157 mortos em Guerrero (sul). Desse total, quase 50 pessoas foram vítimas de um deslizamento na localidade de La Pintada.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212